Estarreja: Autarquia contrata empréstimo de 1,8 milhões de euros para obras municipais

2675
Proposta de requalificação da ribeira da Aldeia, em Pardilhó. Imagem divulgada pelo jornal O Concelho de Estarreja no seu Facebook.

O município de Estarreja prepara uma operação bancária para financiar diversos projetos do plano plurianual de investimentos para 2020.

O executivo aprovou, recentemente, por maioria, a contração de um empréstimo até 1,8 milhões de euros, a pagar em 20 anos.

As verbas destinam-se à construção de equipamentos municipais e requalificação de espaços públicos ribeirinhos.

“Face ao elevado número de projetos da autarquia, o que traduz um grande esforço financeiro, nomeadamente no que respeita a disponibilidades imediatas de tesouraria, justifica-se a necessidade de recorrer a um empréstimo de médio e longo prazo”, refere a proposta.

O recurso à banca “permite simultaneamente o não agravamento do prazo médio de pagamentos e capacitar o município de infraestruturas fundamentais para o desenvolvimento sustentado”.

Segundo a maioria PSD-CDS liderada por Diamantino Sabina, “os projetos em causa revelam-se de suma importância para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida da população do concelho de Estarreja, representando um encargo total para a autarquia na ordem dos 2,832 milhões de euros.”

As apostas dizem respeito à construção de um pavilhão central / armazém municipal, sendo necessária a aquisição de terrenos orçados em 975 mil euros.

Está na lista também a construção do pavilhão municipal de desportos, para o qual é preciso investir 450 mil euros também em terrenos.

A Câmara deseja avançar igualmente com a requalificação da ribeira da Aldeia, em Pardilhó, destinada a acolher a estação náutica de Estarreja, um projeto de 1,407 milhões de euros (375 mil euros a afectar ao empréstimo). Uma obra para lançar a concurso a lançar até ao final do ano, devendo ficar executada em 2021.

Publicidade, Serviços & Donativos