Enfermagem de Reabilitação, o desenvolvimento de uma especialidade

820
Enfermagem de reabilitação.

A APER é uma associação sem fins lucrativos que pretende apoiar, incentivar e desenvolver os cuidados diferenciados prestados pelos enfermeiros especialistas em Enfermagem de Reabilitação

Por Belmiro Rocha *

A Enfermagem de Reabilitação Portuguesa nasceu pela mão da Enf.ª Maria de Lurdes Sales Luis, em 1965, no Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, à data, um conceito novo.

O contexto e a realidade em que se desenvolveu a Enfermagem de Reabilitação, têm demonstrado que apesar de todas dificuldades, foi possível implementar a especialidade a nível nacional e garantir um desenvolvimento profissional autónomo. Hoje, este percurso histórico impele-nos, motiva-nos e desafia-nos a continuar o caminho do desenvolvimento científico da especialidade, assim como na consolidação das competências e capacidade de intervenção do Enfermeiro de Reabilitação nos diferentes contextos em que trabalha ou que se pretende que venha a exercer a sua profissão.

A Associação Portuguesa dos Enfermeiros Especializados em Enfermagem de Reabilitação – APEEER (atualmente com a designação abreviada de Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação – APER e inicialmente denominada Sociedade Portuguesa dos Enfermeiros Especializados em Enfermagem de Reabilitação, em 1969) foi originalmente impulsionada pelo Enf.º José Pacheco dos Santos.

Os Estatutos da APER foram publicados no Diário da República, a 20 de Dezembro de 1978 e nesse seguimento, as primeiras eleições da APER realizaram-se a 27 Outubro de 1979.

A APER é uma associação sem fins lucrativos que pretende apoiar, incentivar e desenvolver os cuidados diferenciados prestados pelos enfermeiros especialistas em Enfermagem de Reabilitação e tem como Missão a promoção e o desenvolvimento da Especialidade de Enfermagem de Reabilitação, e neste sentido, apoiamos, incentivamos e desenvolvemos os cuidados diferenciados prestados pelos Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Reabilitação.

Estas são algumas das atividades que desenvolvemos:

  • Elaboração e divulgação da Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação (RPER);
  • Organização anual descentralizada do Congresso Internacional de Enfermagem de Reabilitação (CIER), que este ano será na Figueira da Foz, nos dias 30 Novembro e 1 e 2 Dezembro;
  • Atribuição anual do Prémio Maria de Lurdes Sales Luis;
  • Comemoração no dia 18 de Outubro, do Dia Nacional dos Enfermeiro de Reabilitação (instituído foi aprovado em 26 de novembro de 2021, através da Resolução da Assembleia da República n.º 347/2021);
  • Dinamização anual da Bolsa de Investigação Maria Manuela Martins (BIMMM);
  • Criação dos Grupos de Trabalho e Interesse (GTIs), nomeadamente dos Núcleos de Enfermeiros de Reabilitação (NERs);
  • Reuniões com Direções de Enfermagem, outras Associações, entidades reguladoras, formativas e tutelares;
  • Realização e divulgação da APERnews;
  • Realização de Ações de Formação / Webinares;
  • Comemorações de Dias Nacionais e Internacionais relacionados com a ER (ex. Dia Internacional da Pessoa com Deficiência);
  • Perspetivamos a criação de um Fundo Solidário, entre outras atividades.A APER, desde a sua génese em 1978, sempre visou a promoção e desenvolvimento da especialidade de Enfermagem de Reabilitação; sendo que hoje, tal como no início, este objetivo mantem-se atual e é um compromisso, porque a “Enfermagem de Reabilitação, é a nossa razão”.

* Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Presidente da Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (APER). Artigo publicado originalmente no site Healthnews.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.