Elefantes ‘laranjas’

514
38º Congresso do PSD.
Dreamweb 728×90 – Video I

O PSD sempre foi e será sempre um Partido pluralista, onde as divergências internas fazem parte da vida do Partido, mas a força que emerge de dentro da Social-Democracia deve unir-nos.

Por Ângela Almeida *

Volvidos os tempos da disputa interna, no seio daquele que é (ou deveria ser), o maior partido da oposição ao governo de António Costa – o nosso PSD, somos agora regressados ao mundo real e ao terreno.

Esperemos que este tempo de luta política interna, tenha engrandecido o Partido e o tenha renovado ideologicamente, numa atitude positiva e sem subterfúgios, concretizando no dia-a-dia as propostas e conselhos, deixados em Viana, sob a bênção de Santa Luzia.

Os resultados alcançados no seio do 38.ºCongresso do Partido, pelas Listas concorrentes, onde o Líder, Dr. Rui Rio, se consagrou, deixam importantes recados aos Companheiros com responsabilidades Nacionais, que esperamos ver emanados na intervenção política dos representantes do Concelho de Aveiro nos órgãos Nacionais, os quais felicito.

Espero sinceramente que não passem apenas como elefantes brancos da política e que possam afirmar-se como a voz “ laranja” de Aveiro no PSD Nacional.

O PSD sempre foi e será sempre um Partido pluralista, onde as divergências internas fazem parte da vida do Partido, mas a força que emerge de dentro da Social-Democracia deve unir-nos e comprometer-nos em defendermos aquilo em que acreditamos, numa atitude interventiva junto da cúpula Nacional Partidária, sem nos refugiarmos em opções pessoais, defendendo sempre mais e melhor para Aveiro e por Aveiro!

Espero sinceramente que de Aveiro se ergam vozes sonantes de força, na defesa do melhor para o nosso PSD, para Aveiro e para Portugal.

Angela Almeida.

* Presidente da Junta de Freguesia de Esgueira eleita pela coligação PSD-CDS (angela.almeidaa@gmail.com)

Publicidade, Serviços & Donativos