Economia e o Plano de Recuperação e Resiliência

988
Comércio (Aveiro).

Como serão distribuídas as verbas? Pelas minhas contas 80% irão diretamente para o Estado e os restantes 20% para o setor privado.

Jorge Silva *

O Plano de Recuperação e Resiliência para Portugal (“A Vitamina”, palavras do Sr. Primeiro Ministro) foi apresentado no passado dia 16, tendo sido aberta a sua discussão nos próximos 15 dias aos portugueses.

Porque é que surge este plano?
Porque a economia portuguesa com a crise pandémica foi bastante fustigada.

O que é que dentro da economia portuguesa foi bastante fustigado?
Assim de repente, afirmamos o setor do turismo (alojamentos, restaurantes, empresas direta e indiretamente ligadas a este setor que representava em 2019 12% do PIB nacional), o pequeno comércio (lojas de moda, cabeleireiros, ginásios, livrarias e outros – em geral o comércio de rua e de venda ao consumidor final).

Quando teremos acessos às verbas?
O Sr. Primeiro Ministro disse que as primeiras virão no inicio deste verão, eu direi que para o comum dos portugueses talvez no verão do ano a seguir.

Como serão distribuídas as verbas?
Pelas minhas contas 80% irão diretamente para o Estado e os restantes 20% para o setor privado, desses talvez 500 milhões cheguem ao pequeno comércio.

Quem parte e reparte …..

* Presidente da Associação Comercial de Aveiro. Artigo publicado originalmente em https://www.acaveiro.pt.

Publicidade, Serviços & Donativos