“É preciso manter o espírito de Natal”

669
Canal Central, Aveiro.

O Turismo Centro de Portugal (TCP) apresentou uma campanha de Natal, que tem como principal objetivo agradecer o esforço dos portugueses, num ano em que lhes foi pedido distanciarem-se de quem mais gostam, e incentivá-los a manter o espírito nesta época festiva. Em paralelo, a campanha incentiva à compra e oferta de produtos regionais, como forma de ajudar à recuperação da economia.

Por Pedro Machado *

A campanha assenta em várias plataformas. No site do TCP e nas principais redes sociais em que a entidade marca presença está já disponível um pequeno filme promocional de 43 segundos, intitulado “Natal no Centro de Portugal: mantenha o espírito”.

A mensagem do filme recorda o quão diferente foi 2020 e pede a todos para que mantenham o espírito neste Natal. “Este ano demos menos beijos, menos abraços. Demo-nos menos. E demos espaço. Distanciámo-nos de quem sempre esteve ao nosso lado. Querido Pai Natal, pode não parecer, mas este ano portámo-nos bem”.

Paralelamente, o TCP lança também um passatempo nas suas páginas de Instagram e Facebook, que visa promover a economia regional e apelar à responsabilidade social de todos.

Para lembrar que o Natal pode e deve ser celebrado, ainda que de forma diferente, os vencedores do passatempo terão a possibilidade de oferecer produtos e experiências da região Centro de Portugal àqueles que mais amam.

Assim, e ao contrário do que habitualmente acontece, os prémios não irão contemplar os vencedores do passatempo, mas pessoas por eles designadas – como os avós ou tios que não podem ver nesta altura.

O TCP encarrega-se depois de fazer chegar os prémios aos respetivos destinatários. O enfoque é a partilha e a solidariedade, dada a conjuntura económica e social difícil motivada pela atual pandemia.

Com esta nova campanha, pretendemos agradecer publicamente ao enorme sacrifício que os portugueses foram obrigados a fazer em 2020.

Em nome de uma causa maior, que é a saúde de todos, deixámos de poder abraçar os nossos idosos. O sacrifício foi duro, muitas vezes cruel, mas os portugueses estiveram à altura.

Como ilustra o vídeo promocional que apresentamos, pode não parecer, mas este ano portámo-nos bem e é preciso manter o espírito.

Ao mesmo tempo, queremos com esta campanha incentivar os portugueses a consumirem produtos nacionais, em particular da região Centro.

Milhares de empresas e de famílias dependem, mais do que nunca, da solidariedade dos seus concidadãos e não há época do ano mais apropriada para o fazerem do que o Natal.

Ainda no mesmo âmbito, no site do TCP serão publicados nos próximos dias vários artigos com sugestões de compras de produtos e presentes de Natal produzidos na região.

* Presidente do Turismo Centro de Portugal (adaptado de press promocional da campanha de Natal).

Publicidade, Serviços & Donativos