Dois jovens e um menor apanhados durante assalto em Ol. de Azeméis / Colmeias furtadas recuperadas na Feira

8321
Colmeias recuperadas pela GNR.
Smartfire 728×90 – 1

Dois homens de 24 e 25 anos foram detidos pela GNR, em flagrante, durante um furto a estabelecimento comercial em Oliveira de Azeméis.

“Alertados para a presença de estranhos no interior de um estabelecimento de venda de material ferroso, onde entraram depois de arrombarem o portão de acesso, os militares foram ao local e surpreenderam os dois suspeitos a carregarem material furtado para uma viatura”, refere um comunicado.

Para além da dupla, foi identificado um cúmplice de 15 anos.

O material foi devolvido ao proprietário e a viatura usada no furto ficou apreendida.

Segundo a GNR, os dois detidos foram constituídos arguidos, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Oliveira de Azeméis.

No vizinho concelho da Feira, a GNR recuperou 15 colmeias furtadas.

A Guarda atuou através do Núcleo de Proteção Ambiental de Santa Maria da Feira “no seguimento de uma denúncia para a ‘Linha SOS Ambiente e Território’, a relatar a localização de um apiário próximo de uma zona habitacional”.

Os militares foram ao local e encontraram 15 colmeias, das quais, dez estavam povoadas.

Segundo uma nota de imprensa, a localização do apiário violava as distâncias estipuladas por lei (superior a 50 metros da via pública e superior a 100 metros habitações). Além disso, não estava registado junto da Direção Geral de Alimentação e Veterinária.

“As diligências permitiram apurar que dez das colmeias tinham sido furtadas em dezembro passado, na localidade de São João de Ver, tendo agora sido restituídas ao proprietário”, acrescenta a GNR.

A ocorrência hoje divulgada diz respeito a 14 de abril, tendo sido elaborado um auto por contraordenação e enviado para a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte.

A GNR lembra que a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) com funcionamento permanente, constitui “uma ferramenta de sucesso ao serviço do cidadão, quer na denúncia das infrações ambientais, quer no esclarecimento de dúvidas ambientais.”

Publicidade, Serviços & Donativos