Docente da Universidade de Aveiro admite preconceito e ameaça reitoria

1112
Universidade de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um docente da Universidade de Aveiro está a ser acusado de racismo e homofobia, e de incitar à violência.

À TVI/CNN Portugal, o professor defende que as suas opiniões são estritamente pessoais e não interferem com a atividade profissional.

Continuar para ver reportagem.

Artigo relacionado

UA promete atuar “em conformidade, com rapidez e firmeza” contra ódio e discriminação

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.