Divulgadas as propostas do concurso de ideias para a antiga lota de Aveiro

4754
Antiga lota de Aveiro.

A Câmara de Aveiro recebeu nove propostas no âmbito do concurso público de ideias para a elaboração do estudo urbanístico da zona da antiga lota, que ainda é propriedade do Porto de Aveiro.

Os trabalhos encontram-se expostos no Centro de Congressos até 10 de fevereiro. Depois, será conhecida a decisão do júri e a aprovação final pelo executivo camarário durante o próximo mês.

O vencedor do concurso terá como prémio, além de 50 mil euros, convites da autarquia para a elaboração de projetos.

Quanto às ideias para a antiga lota, poderão servir de inspiração para o futuro daquela zona ribeirinha num futuro concurso público para elaboração de projeto

Artigos relacionados

Aveiro: Interessados em dar ideias para a antiga lota já podem concorrer

A antiga lota e terrenos envolventes sendo propriedade portuária, continuam na mão do Estado central. A passagem para o município, no âmbito da delegação de competências para as autarquias de gestão do território, carece de acordo entre as partes.

“As negociações estavam a caminhar para reta final, mas ficaram suspensas com saída do ex-ministro Pedro Nuno Santos” explicou o presidente da Câmara.

Ribau Esteves já manteve “conversas” com o novo presidente do Porto de Aveiro, Eduardo Feio, e espera “dentro de dias” retomar as negociações com o novo ministro João Galamba, que tutela as Infraestruturas.

Logo que a zona for entregue à Câmara “queremos imediatamente lançar uma ‘mega operação’ de limpeza profunda, demolições, etc.”, adiantou o autarca.

Artigos relacionados

Câmara de Aveiro planeia um hotel na antiga lota

Porto de Aveiro desmente proposta de seis milhões pela antiga lota

O “interesse” despertado que levou à apresentação de nove propostas de ideias para a requalificação da antiga lota e espaços adjacentes “surpreendeu” Ribau Esteves.

O concurso do novo jardim do Rossio / estacionamento subterrâneo contou com oito concorrentes.

“Não há em termos de atratividade quem não gostasse de ser o projetista. Além disso, os prémios foram aliciantes”, referiu o presidente.

O futuro passará por empreendimentos imobiliários com hotelaria, habitação, serviços e espaços de fruição públicos, com porto de recreio e pavilhões náuticos, a desenvolver por privados.

“Temos feito e vamos fazer mais investimento público. A ponte de São João, a qualificação da margem sul do canal das Pirâmides, a segunda ponte. São grosso modo três milhões de euros para obras públicas. Quando se mexer diretamente nos terrenos, são necessários mais alguns milhões para infraestruturas, muito investimento público para atrair privados. Tivemos já a opção foi de baixar a quantidade de construção que estava prevista no Plano de Urbanização Polis, agora é cerca de 40 % menos. Estava alta demais”, lembrou Ribau Esteves.

Discurso direto

“Estamos a fazer intenso trabalho de requalificação urbana, a antiga estação, a Avenida, o Rossio. Os projetos são diferentes, a continuidade está na qualidade e opção pelo espaço pedonal. Na antiga lota, teremos a valorização do espaço privado e publico. Aveiro ficará com um corredor qualificado” – Ribau Esteves.

Exemplos de propostas entregues ao concurso

Quatro propostas para remodelação do antigo colégio em Aradas

Já o concurso de ideias para a reconversão do antigo Colégio Dr.º Alberto Souto, futuro ‘Creative Change Academy’, contou com quatro propostas. O vencedor ganha o direito a fazer o estudo prévio, com preço máximo de 90 mil euros.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780