Dia do Empregador no IEFP de Águeda

649
Dia do Empregador 2018.
Smartfire 728×90 – 1

No âmbito da Semana Europeia da Formação Profissional, de 5 a 9 de novembro, o Centro de Emprego e Formação Profissional de Águeda efetuou diversas visitas a empresas e agentes locais e assinalou o Dia do Empregador 2018 com duas ações temáticas.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) aderiu a este evento, nomeadamente através da promoção de diversas ações de comemoração do Dia do Empregador.

O Centro de Emprego e Formação Profissional (CEFP) de Águeda também participou no programa de comemoração dos Dias Europeus do Empregador, promovendo duas ações temáticas, e efetuou várias visitas a empresas, associações, IPSS e outras entidades da sua área de intervenção territorial.

No dia 7, O CEFP de Águeda promoveu, em articulação com a ABIMOTA, nas instalações desta, uma sessão de apresentação de Programas Inclusivos e partilha de Boas Práticas nesta área. Gil Nadais, Secretário Geral da ABIMOTA | Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, e José António Gomes, Diretor do CEFP de Águeda, abriram a sessão e valorizaram o papel das entidades empregadoras que assumem a empregabilidade, também, como uma responsabilidade social.

Seguiu-se a apresentação das Medidas e Apoios à Integração de Pessoas com Incapacidade e Deficiência no Mercado de Trabalho que o IEFP disponibiliza e a apresentação de Percursos de Inclusão em Mercado de Trabalho, onde a CERCIAG, através do CLDS 3G – ADRO, deu a conhecer o seu trabalho como Entidade Empregadora Inclusiva e, neste âmbito, trouxe dois testemunhos de Pessoas com Incapacidade solidamente integradas. Também a TUPAI, Fábrica de Acessórios Industriais SA e a ABASHALOM Águeda deram testemunho das dificuldades por que passam os trabalhadores e as empresas ao nível das práticas inclusivas realçando, também, as mais-valias que muitos destes trabalhadores trazem às organizações.

Na quinta-feira, dia 8, o CEFP de Águeda promoveu, nas instalações do Serviço de Formação Profissional, a ação “Certificação de competências – o impato nas organizações”.

Num registo tipo “mesa redonda” e em ambiente informal, com dois painéis de convidados, compostos por Empresas, IPSS, Autarquias, Associações, Formandos e formadores, sobressaíram, sobretudo, os testemunhos de quem já viveu o Processo RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências). Houve sintonia relativamente à importância que o Processo RVCC trouxe, a cada um, nas diferentes dimensões – pessoais, sociais e profissionais – bem como à necessidade de serem criadas condições nas entidades empregadoras de valorização do resultado alcançado.

Centro QUALIFICA do CEFP

O Centro QUALIFICA do CEFP de Águeda apresenta, no âmbito do Processo RVCC, uma dinâmica muito significativa e com relevo à escala regional e nacional. Desde a abertura deste Centro QUALIFICA foram inscritos 1848 candidatos, tendo concluído já o Processo e sido certificados 281 Candidatos. O CEFP de ÁGUEDA dispõe de uma Equipa especializada em qualificação de adultos, vocacionada para a informação, o aconselhamento e o encaminhamento para ofertas de educação e formação profissional de adultos que facultou mais de 15 mil horas de formação no Processo RVCC. Esta proximidade e disponibilidade para acompanhar os Formandos em todo o Processo foram, também, reconhecidas e valorizadas, por Formandos e Empregadores, na sessão temática.

Sendo um dos objetivos da Semana mostrar que a Formação Profissional é uma escolha que pode conduzir a empregos de melhor qualidade e ao aumento da empregabilidade, o CEFP de Águeda definiu um calendário de visitas a empresas, e outras entidades, no sentido de dar a conhecer melhor a sua Missão e o conjunto de medidas, programas e ações de formação que pode oferecer aos às Entidades Empregadoras.

De acordo com o Diretor do CEFP, José António Gomes, “trabalhamos melhor a competitividade do nosso território e dos diversos agentes que nela operam, se o fizermos em conjunto” pelo que “mantemos as portas abertas de modo a proporcionar a melhor oferta formativa, a valorização das aprendizagens e das competências, bem como o reforço da consciência da Aprendizagem ao longo da Vida como fator decisivo na evolução pessoal, social e profissional de cada indivíduo”.


Centro de Emprego e Formação Profissional de Águeda