Detido suspeito de fogo florestal em Vagos

1244
Bombeiros de Vagos.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro informa que procedeu à identificação e detenção, fora de flagrante delito, do presumível autor de um crime de incêndio florestal ocorrido ao final da tarde de 7 de julho no lugar de Ponte de Vagos, concelho de Vagos.

O suspeito de 59 anos foi detido na passada quarta-feira.

Segundo a PJ, “o modus operandi consistiu no recurso a chama direta para ignição, em zona de extensa mancha florestal provocando um incêndio que devastou mais de 2 hectares de área florestal, para além de anexos de uma habitação.”

O comunicado adianta que não foi possível determinar “qualquer motivação racional ou explicação plausível” para o homem atear fogo “além de um quadro grave de alcoolismo.”

A PJ irá apresentar o indivíduo am primeiro interrogatório judicial para lhe serem aplicadas medidas de coação.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.