Detido segundo envolvido em rapto de mulher ocorrido em Oliveira de Azeméis

1183
Polícia Judiciária.

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, vai apresentar a interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação um segundo suspeito de crimes”de rapto, violação de domicilio, coação agravada e moeda falsa” no caso do rapto de uma mulher em Oliveira de Azeméis.

O agora detido terá atuado em coautoria com um outro indivíduo já presente às autoridades judiciárias e a quem foi decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Cerca das 00:40 de terça-feira passada, sob ameaça de arma de fogo, a dupla entrou no interior de uma habitação onde se encontravam várias pessoas e, após agredir alguns dos residentes e destruir vários recheios, levou à força uma mulher com o intuito de a submeter a crime de natureza sexual.

Nas buscas realizadas na residência deste suspeito foram apreendidas algumas dezenas de notas do BCE, presumivelmente falsas, dois bonés que fazem parte do fardamento de uma força de segurança e um inibidor de sinal capaz de neutralizar ou inibir a emissão de sinais radioelétricos.

O detido, de 33 anos de idade, sem ocupação profissional e com vários antecedentes policiais e criminais por crimes contra o património, contra as pessoas e por falsificação de documentos e moeda.

Artigo relacionado

Sequestrado de ex-companheira fica em prisão preventiva

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.