Crime ganha força no caso da grávida desaparecida na Murtosa

6413
Polícia Judiciária, Aveiro.

A Polícia Judiciária de Aveiro admite que Mónica Silva, a mulher que desapareceu faz esta quarta-feira exatamente 15 dias, na Murtosa, tenha sido vítima de crime.

A investigação vai afastando a hipótese de acidente, adianta o jornal Correio da Manhã.

Continuar para ler artigo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.