Criar e reforçar relações dá-nos esperança

765
Revista Ílhavo.
Dreamweb 728×90 – Video I

Ao entramos na segunda metade do ano, somos convidados a fazer um balanço do que fizemos, renovando horizontes para o futuro. Temos realizado um caminho árduo e exigente, procurando sempre cumprir o programa “O nosso compromisso”.

Por João Campolargo *

Ao longo destes seis meses trabalhamos muito para promover o desenvolvimento social, económico e cultural da nossa comunidade. Trabalhamos em várias dimensões, porque todos contam e todos são importantes para o crescimento do nosso território. Valorizamos as nossas tradições, estimulando o crescimento da economia local, através da realização do Festival do Pão de Vale de Ílhavo e do Festival Gastronómico “Vamos aos Cricos!”, trazendo milhares de pessoas ao nosso Município a convite do nosso pão e dos nossos produtos da ria. Oferecemos um intenso programa cultural, cada vez mais nosso,em que o Palheta e o Festival Rádio Faneca são exímios a relembrar a nossa herança cultural e a transmitir alegria.Prosseguimos o nosso trabalho no âmbito do envelhecimento ativo, trabalhando diariamente para que os nossos maiores de idade, vivam melhor, realizando várias atividades, entre as quais, as “Idolíadas”, o maior concurso artístico sénior do país.Continuamos a proporcionar às nossas crianças e aos nossos jovens importantes oportunidades de aprendizagem e decrescimento pessoal, através do nosso Serviço Educativo. A todos os nossos munícipes oferecemos renovadas possibilidades de viver e trabalhar melhor no nosso território.

Hoje vivemos uma melhor vida diária. Estamos mais juntos e compartilhamos mais, e isso dá-nos esperança de conseguirmos fazer mais e de ir mais longe na construção
de um lugar mais justo, equilibrado, saudável e feliz.“Não há caminhos fáceis para quem é responsável”, é bem verdade! Com trabalho árduo, foco e persistência temos conseguido fazer progredir o nosso território e melhorar a vida das pessoas. Com pequenas ações e gestos simples, temos demonstrado que é possível fazer mais e melhor, impactando diretamente na vida de cada um.E quando somos capazes de melhorar algo no concreto,estamos a melhorar a comunidade e a Humanidade.

Não tenhamos dúvidas: fazer aumenta-nos sempre a esperança.E neste tempo que vivemos tão marcado pela incerteza e pela vulnerabilidade, a esperança é o nosso farol. Se a trazemos connosco, superamos melhor as adversidades, resistimos melhor ao cansaço e mantemos firme o nosso propósito de vida. Acredito que a esperança protege a nossa vida.
Nesta edição encontramos iniciativas e projetos, promovidos pela Câmara Municipal e colocados em prática pelas nossas pessoas, que traduzem bem esta realidade de partilha
que estamos, juntos, a criar e a alimentar. Na Revista Ílhavo descobrimos mais sobre pessoas, cidadãos comuns, que não desistem de cumprir o seu propósito de serviço aos outros,como o padre Gustavo Fernandes, o treinador de futebol infantil,Paulo Pereira, e a professora voluntária Naty Veiga, que criam todos os dias espaços vivos de relações, ideias e projetos.Acredito que são as nossas ações partilhadas convosco e são estas pessoas que não deixam que nos roubem a esperança.

Despeço-me com as palavras do Papa Francisco às quais muitas vezes recorro: “Nem ansiedade nem insegurança. Temos de perseverar no caminho dos sonhos. Para isso, há que estar atento a uma tentação que amiúde nos prega partidas más: a ansiedade.Esta pode tornar-se uma grande inimiga quando nos leva a que nos rendamos por descobrirmos que os resultados não são imediatos. Os sonhos mais bonitos concretizam-se com esperança, paciência e empenho, renunciando à pressa.

Ao mesmo tempo,não devemos bloquear-nos por insegurança nem term edo de arriscar e de cometer erros. Temos, sim, de ter medo de viver paralisados como mortos-vivos, reduzidos a sujeitos que não vivem por não quererem arriscar, por não levar em adiante os seus compromissos ou por terem medo de errar.Mesmo errando, poderás sempre levantar a cabeça e recomeçar,porque ninguém tem o direito de te roubar a esperança.

* Presidente da Câmara de Ílhavo. Editorial da Revista Ílhavo (junho de 2023).

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.