Covid-19: Lisboa faz subir as infeções / Centro sem óbitos no dia de ontem

1422
Testes Covid-19.

O boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) regista mais 14 óbitos (ao todo 1.383) por Covid-19 e mais 350 infetados (31.946 no total).

A infeção conhece a subida mais alta das últimas três semanas (pela primeira vez desde 8 de maio superior a 1%).

A faixa etária com maior incidência entre os novos infetados continua a ser a dos 20-29 anos (64 casos).

A maioria dos novos infetados (61%, ou 213) é entre os 20 e os 59 anos.

Dos 350 novos casos registados, 323 (ou seja, 92%) têm origem na região de Lisboa e Vale do Tejo.

O Centro tem mais 18 e o Norte 7.

Quanto à distribuição geográfica dos óbitos 8 ocorreram na região Norte (total de 769). O Centro não registou alteração, tendo os mesmos 237.

Há hoje mais 17 pessoas internadas (529 no total), o maior crescimento em 24 horas das últimas três semanas.

Quanto aos infetados em unidades de cuidados intensivos (UCI) em Portugal, há agora 66, mais um do que ontem, quebrando um ciclo de descida que durou 12 dias consecutivos.

Há ainda mais 274 pessoas curadas (18.911 no total), com um crescimento a manter-se estável.

A taxa de letalidade (relação entre o número de infetados e de óbitos) mantém-se nos 4,3%.

[Relatório completo]

Nos concelhos do ACeS do Baixo Vouga mais atingidos, o relatório da DGS regista em Ovar 661 infetados (sem alterações), em Aveiro 335 (sem alterações) e em Ílhavo 133 (mais 2).

Artigo relacionado

Baixo Vouga: Mais 3 infetados e 23 recuperados

Nos concelhos de Aveiro Norte, sob jurisdição da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), o boletim epidemiológico da DGS refere que a Feira tinha 481(mais 1) e Oliveira de Azeméis 209 (menos 1, por acerto).

Covid-19 / Ponto de situação online

Artigos relacionados

Covid-19. Lisboa tem mais de quatro mil casos ativos e Graça Freitas reprova ajuntamentos de pessoas

(Informação ao minuto Covid-19 na RTP).

Publicidade, Serviços & Donativos

Comercio 780