Covid-19: Faleceram dois utentes de lares em Ovar e Albergaria-A-Velha

2221
Santa Casa da Misericórdia de Ovar.

A pandemia do Covid-19 causou mais duas mortes em lares na região de Aveiro esta sexta-feira. O número de vítimas, ao fim da tarde, atingia a dezena desde o início da pandemia.

Duas mortes desta sexta-feira dizem respeito a utentes de lares de idosos em Ovar (Santa Casa da Misericórdia) e Albergaria-A-Velha (Geriabranca).

Ovar registou mais três mortes, somando cinco vítimas.

No seu habitual balanço diário, ao princípio da noite, Salvador Malheiro disse que estava a ser ponderado testar cerca de cem pessoas entre utentes e funcionários do lar e, em caso de necessidade, a transferência para outro espaço. A autarquia prepara um plano de ação para outros casos em lares. O concelho até a chegar às 150 pessoas infetadas (5 recuperados).

Em Albergaria-A-Velha, são agora duas as vítimas do coronavirus Covid-19, com a morte de mais um utente do lar Geribranca. Depois de uma otogenária, faleceu um homem de 93 anos. Nesta residência sénior estão confirmados 32 infetados, 21 dos quais utentes, segundo avançou o Jornal de Albergaria.

Os últimos testes realizados no lar da Branca aumentaram para quase meia centena os infetados no concelho, adiantou ao princípio da noite o presidente da Câmara local, António Loureiro.

Na região, existem mais dois casos com utentes de lares internados devido à Covid-19.

No lar da Associação Vida Nova, em Pardilhó, Estarreja, um utente permanece internado e cinco funcionárias encontram-se em tratamento em casa, informou a autarquia local que garantiu os testes de diagnóstico feitos hoje aos profissionais, aguardando o despiste dos restantes utentes, tudo indica a realizar este sábado. O lar com 30 camas “está confinado” aos utentes e a uma equipa técnica de oito pessoas.”

Em Aveiro, a Santa Casa da Misericórdia diz que tem sete utentes infetados no hospital de Aveiro, um dos quais com prognóstico a evoluir favoravelmente. Aguardavam-se, também, ali, testes de despistagem a idosos e funcionários. O lar tem 118 utentes.

Um ponto de situação ao final da tarde da autoridade de saúde dava conta de 10 mortes (mais três) na área do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga (ACeS), que abrange os concelhos de Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

Publicamente, foram noticiadas mortes em Ovar (5), Albergaria-A-Velha (2), Oliveira do Bairro (1) e Murtosa (1).

No norte do distrito, área da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), foi divulgada a morte de um utente sexagenário da Cerci, em São João da Madeira.

(Informação ao minuto Covid-19 na RTP).

(em atualização)

Publicidade, Serviços & Donativos