Covid-19: Dois detidos em Arouca por violação de confinamento obrigatório

4116
Imagem da GNR.
Dreamweb 728×90 – Video I

Dois homens, de 38 e 50 anos, foram detidos pela GNR no concelho de Arouca, esta semana, por violação do confinamento obrigatório a que estavam sujeitos no âmbito da pandemia de Covid-19.

“No decorrer de uma ação de policiamento para a verificação do dever de confinamento obrigatório”, a 8 de setembro, os militares da Guarda deslocaram-se à residência de um dos suspeitos, onde verificaram que o mesmo se tinha ausentado do domicílio. “Após contacto com o infrator, foi possível perceber que se encontrava no seu local de trabalho, tendo-lhe sido determinado o regresso a casa, após o que foi detido”, refere um comunicado.

Numa outra situação, a 9 de setembro, foi detido outro homem ,de 50 anos, na freguesia de Santa Eulália. O indivíduo seria encontrado esta manhã, pelas 8:30, novamente na via pública, em violação do confinamento obrigatório, no lugar de Burgo.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Arouca.

A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com Covid-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa. A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Artigo relacionado

Mais três mortos e 585 novos casos de Covid-19 / Centro com mais 50 casos

Publicidade, Serviços & Donativos

Publicidade, Serviços & Donativos