Covid-19 / Aveiro: Câmara toma novas medidas / Centro de Saúde instala serviço de apoio

7902
Centro de Saúde de Aveiro.

A Câmara de Aveiro ativou hoje o seu plano municipal de emergência devido à propagação do coronavírus Covid-19, tomando ainda um conjunto alargado de medidas. A autoridade de saúde prepara a instalação de uma unidade temporária de apoio local, junto ao centro de saúde da cidade.

Passa a funcionar no âmbito da proteção civil uma subcomissão extraordinária de acompanhamento, monitorização e operacionalização dos planos de contingência, como prevê a declaração de alerta para o combate à pandemia.

O presidente da Câmara informa, também, que ativou hoje “serviços essenciais presenciais e em teletrabalho” durante dois meses, dando “um contributo para suster a propagação” do Covid-19.

“Embora não sejam até à presente data conhecidos casos de contaminação” nos serviços municipais, incluindo na empresa Aveiro Expo, a edilidade entende que é “necessário e imperioso reforçar as medidas de prevenção e contenção” da doença.

A Câmara manterá uma “ativa a prestação de serviços aos cidadãos considerados necessários e essenciais, pela sua natureza e missão, prestando o apoio devido à população aveirense neste combate e mantendo o apoio mínimo devido e necessário ao funcionamento da atividade social e económica no quadro atual.”

Medidas

» Suspensão do atendimento presencial no Gabinete de Atendimento Integrado (GAI) e na Polícia Municipal (DPMF), garantindo-se o atendimento ao público pelas vias telefónica e digital (em especial via email), salvaguardando-se para alguma situação de cariz extremamente excecional, de caráter urgente e inadiável, a possibilidade de ser requerido o atendimento presencial;

» Os serviços da Câmara funcionarão com um horário base de segunda a sexta-feira, no período das 09.00 às 15.30 horas, e em regime de jornada contínua;

» Os três mercados municipais são mantidos abertos ao público para prestarem o fundamental serviço aos cidadãos de venda de bens alimentares, com horário específico;

» Os serviços competentes desativam hoje os parcómetros, ficando as áreas de estacionamento parconizadas em regime de utilização livre, sem pagamento, assim como fica em regime de uso livre, sem pagamento, o estacionamento do Mercado Manuel Firmino;

» Dispensa dos funcionários da Câmara de se apresentarem ao trabalho, até ordem em contrário, com exceção dos que nesta fase sejam identificados como necessários à prestação dos serviços essenciais e funções em regime presencial, estando nesta situação cerca de 250 funcionários.

Instalação da “Unidade Covid-19 / Aveiro”

Num processo liderado pelo ACES do Baixo Vouga , o serviço vai funcionar junto ao Centro de Saúde de Aveiro. O Exército cederam e instalaram as tendas Este serviço será ativado proximamente, em função das necessidades e por decisão da autoridade de saúde.

Ler comunicado completo

Publicidade, Serviços & Donativos