Confessa roubo no apeadeiro de Salreu sob ameaça de pistola

2265
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 38 anos, residente em Salreu, concelho de Estarreja, atualmente detido a cumprir pena de cadeia por assaltos, assumiu, esta manhã, no Tribunal de Aveiro, a autoria de um roubo sob ameaça de arma proibida.

A vítima, um sexagenário, foi roubada após lhe ter sido apontada uma pistola semiautomática, no apeadeiro de Salreu da Linha do Borte, dia 23 de janeiro de 2016, a meio da tarde, quando passava no sentido Sul – Norte.

O arguido abordou o ofendido empunhando a arma e exigiu que levasse as mãos ao ar, ameaçando-o de morte. Ato contínuo, fez-lhe uma revista, retirando uma carteira com 70 euros, documentos, uma aliança de 80 euros e um telemóvel.

Em tribunal, relatou que o roubo foi cometido com a cumplicidade da ex-companheira, que lhe indicou a pessoa a assaltar.

“Estava desempregado depois de um acidente de trabalho numa serração, fui despedido. O dinheiro do roubo era para meter comer em casa e pagar dívidas à ex sogra”, referiu o acusado.

Publicidade, Serviços & Donativos