Comissário Carlos Moedas no lançamento do “Aveiro STEAM City”

555
Techdays, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Aveiro agendou para esta sexta-feira a apresentação pública do projeto “Aveiro STEAM City”, uma iniciativa enquadrada na construção das chamadas ‘cidades inteligentes’ (smart cities).

O contrato de financiamento com a Comissão Europeia, através do programa “Urban Inovative Actions”, será formalizado pelas 11:00, antecedendo a sessão de encerramento a presidir pelo comissário Carlos Moedas, que tem a seu cargo os pelouros investigação, ciência e inovação.

A estimativa de investimentos aponta para cerca de 6,1 milhões de euros, com o apoio de Fundos Comunitários garantido na ordem dos 4,9 milhões de euros, permitindo “dar um forte passo em frente no mundo digital e na qualidade integral do desenvolvimento no nosso município”, como antecipa o presidente da Câmara.

Ribau Esteves atribuiu ao projeto “Aveiro STEAM City”, o único português na lista dos financiados pela União Europeia, “a maior importância”.

A execução irá prolongar-se ao longo de três anos envolvendo como parceiros a Universidade de Aveiro, a empresa Altice Labs, o Instituto de Telecomunicações, a associação Inovaria e o Centro de Estudos em Desenvolvimento Sustentável (CEDES).

Estão previstas iniciativas nas escolas, nas empresas, na sensibilização dos cidadãos para o uso das novas tecnologias, na qualificação dos recursos humanos, na vivência urbana do espaço público, na aplicação das novas tecnologias do 5G e da internet das coisas (IoT). A Câmara deseja ver dinamizados “projetos-piloto nas áreas do ambiente, da energia e da mobilidade”.

Publicidade, Serviços & Donativos