Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril em Ovar

564
25 de Abril, Ovar.

O Município de Ovar acaba de lançar a programação completa das Comemorações dos 50 anos da Revolução do 25 de Abril de 1974. Com o mote “25 de Abril Sempre” as iniciativas, que já arrancaram e que se prolongam até ao final do ano, visam evocar a memória e abrir caminhos para o futuro.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito. Mário Laginha e Pedro Burmester “Celebram a Liberdade” e o ponto de partida para esta digressão, que começa no dia 19 de abril, é no Centro de Artes de Águeda!

“O 25 de Abril é das pessoas, não só das que o viveram, mas também das várias gerações seguintes, os filhos da Liberdade” sublinha Domingos Silva, o Presidente da Câmara Municipal de Ovar, destacando uma programação plural e inclusiva que conta com o envolvimento das forças vivas do concelho, procurando envolver toda a comunidade nas celebrações. “Trata-se de uma data singular na nossa história que nos deve aproximar na construção de um futuro melhor para todos. Devemos ser livres e iguais. Então sejamos! Basta querermos”, remata o autarca.

O dia 25 de Abril é o dia grande das comemorações. A cerimónia arranca, às 9h, na Praça da República, com a guarda de honra pelas Corporações dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Ovar e o hastear das bandeiras. Segue-se às 9h30, no Centro de Arte de Ovar, a sessão solene da Assembleia Municipal que contará com momentos culturais dinamizados pelo Projeto L – Luta e Liberdade. A sessão será transmitida online, na rede social do Facebook da Câmara Municipal de Ovar. À tarde, às 15h, no mesmo local, celebra-se a Revolução dos Cravos com o espetáculo As Portas que Abril Abriu, pelo Canto Décimo e Coro da Academia de Música do Orfeão de Ovar.

Do Centro de Arte de Ovar para o Parque Ambiental Buçaquinho, marcada está, às 16h30, uma visita ao Festival Literário Gigantes Invisíveis, do qual a Câmara Municipal de Ovar é coprodutora. Do programa destaque para apresentação do livro Liberdade é, da AdRa – Águas da Região de Aveiro, Sa, em parceria com as escolas do concelho de Ovar.

Segue-se, em Esmoriz, a Inauguração da empreitada de Requalificação do Largo S. Luís, marcada para as 17h30.

O dia termina com o Concerto 25 de Abril Liberdade, agendado para as 22h, no Parque Ambiental do Buçaquinho.

Celebrações dos 50 anos do 25 de Abril prolongam-se por todo o ano

Antes disso, destaque para a mostra bibliográfica “Livros Censurados”, nos dias 11, 12, 15 e 16 de abril, na Biblioteca Municipal de Ovar e, ainda, no dia 23 de abril, com uma visita comentada, às 10h30. Ainda neste dia, no Museu Júlio Dinis, para apontar na agenda, o lançamento do livro Abril pelas Direitas, seguido de mais uma edição das Conversas à Volta do Tanque, desta feita intitulada A Noite dos Livros Censurados. O serão inicia às 21h30.

O Povo saiu à Rua é o mote para a manifestação dinamizada pelo Projeto L – Luta e Liberdade do Agrupamento de Escolas Ovar Sul. A ação está marcada para o dia 24 de abril, com início às 10h, na Escola Secundária Júlio Dinis e culmina às 11h30, na Praça da República, com uma sessão evocativa. Num dia em que são os jovens os protagonistas, as comemorações continuam, às 21h30, na Casa da Contacto, com a apresentação da peça de teatro Abril em Flor- (Re)Lembrar Abril, pela Classe Juvenil da Contacto: Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar.

Já no fim de semana, 27 de abril, às 21h30, no Centro de Arte de Ovar, o espetáculo de teatro Revolution (Título Provisório), uma criação da ASTA, Baal17, d’Orfeu AC e O Teatrão, convida os espectadores a pensar nos caminhos que fizemos de 1974 até hoje.

As Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril no concelho de Ovar vão prolongar-se por todo o ano. Meio Século de Canções é a proposta musical da Academia de Música do Orfeão. O concerto está marcado para o dia 29 de junho, no Centro de Arte de Ovar.

Destaque ainda para o Programa Ensaio Geral da Rádio Renascença, com mais três Conversas no Feminino, marcadas para 16 de julho, 26 de setembro e 24 de outubro, todas às 21h30, no Museu Júlio Dinis. A primeira destas será protagonizada pela bióloga e cientista portuguesa Maria Manuel Mota.

O 25 de Abril será também o tema central do Festival Literário de Ovar que se irá realizar de 18 a 22 de setembro, nesta que é a sua décima edição.

O concerto Liberdade da fadista Sara Correia promete fechar as Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril com chave de ouro. Será no dia 25 de outubro, às 21h30, no Centro de Arte de Ovar.

Câmara de Ovar

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.