Cinco anos de cadeia e indemnização de quase 25 mil euros por furtar cofre de café

332
Tribunal de Aveiro.

Um homem foi condenado, esta tarde, no Tribunal de Aveiro, a cinco anos de prisão, efetiva, por assaltar um café em Esmoriz, Ovar, tendo ainda de pagar uma indemnização aos proprietários que ronda 24.400 euros.

A verba corresponde a um cofre com cerca de 20.000 euros que, segundo a acusação, foi subtraído do estabelecimento e depois recuperado pela GNR em casa do arguido, já sem o dinheiro.

O homem, atualmente detido, foi absolvido de um segundo furto, a outro estabelecimento similar, assim como da posse de arma proibida.

O Tribunal de Aveiro condenou a ex-companheira do indivíduo por recetação a ano e meio de prisão, que fica suspensa com a obrigação de entregar 1000 euros ao Estado.

O acórdão não deu como provados depósitos em dinheiro em conta particular e a compra de moto de água com dinheiro do cofre, uma vez que os registos dos mesmos para data anterior ao furto.

Um terceiro arguido, que teria sido cúmplice dos dois furtos, foi absolvido dos mesmos. Acabou condenado a ano e meio de prisão, suspensa, por posse de arma proibida, no caso munições. Para continuar em liberdade, terá, contudo, de entregar 1000 euros ao Estado.

O quarto acusado do processo fica a aguardar julgamento, uma vez que estará a cumprir pena de cadeia em Inglaterra.

Artigo relacionado

Suspeitos de assaltos a cafés e máquinas de tabaco acusados por “dedução”