CDS: Dissidentes ganham espaço com eleição de Francisco Rodrigues dos Santos

869
CDS, congresso de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Raul Almeida, ex-deputado por Aveiro que liderou a distrital do CDS, está de regresso à direção nacional eleita no 28º congresso do partido realizado na cidade de Aveiro.

Apoiante de Filipe Lobo d`Ávila, que desistiu da candidatura a favor do novo líder Francisco Rodrigues dos Santos, Raul Almeida surge como vogal da nova comissão executiva depois de ter assumido a rutura com Assunção Cristas e afastar-se de funções na equipa da distrital liderada por Jorge Pato.

Mais polémica, foi a inclusão como vice-presidente de António Carlos Monteiro, ex-deputado por Aveiro na anterior legislatura que surgiu como apoiante da candidatura de João Almeida, atualmente único eleito no parlamento pelo círculo distrital de Aveiro.

Na comissão política nacional, nota para o regresso de Fernando Camelo Almeida, antigo presidente da concelhia de Ovar, da qual se demitiu assumindo, também, discordâncias com a  liderança de Assunção Cristas.

Já no conselho nacional tomam parte vários militantes do distrito, como João Pedro Dias, de Aveiro, que apoiou Filipe Lobo d`Ávila.

Dois presidentes de Câmara José Pinheiro (Vale de Cambra) e Duarte Novo (Oliveira do Bairro) que apoiaram João Almeida, são igualmente conselheiros nacionais (ver orgãos eleitos).

Publicidade, Serviços & Donativos