Caminhada noturna entre a arte e a natureza

456
Trilhos Culturais, Santa Maria da Feira.
Dreamweb 728×90 – Video I

‘Trilhos Culturais’ é a próxima proposta do ‘Artes em Itinerância’. Dia 13 de julho, a partir das 21h00, a sugestão do Município de Santa Maria da Feira é um passeio pelos trilhos das Caldas de S. Jorge e Pigeiros, que escondem surpresas com os daguida, Projeto Oxalá, BCN e Bruno Teixeira.
 
Os ‘Trilhos Culturais’ regressam, integrados no programa municipal Artes em Itinerância, para proporcionar uma noite diferente, a 13 de julho, a partir das 21h00. Com um percurso noturno que passará por lagos, ponte romana e moinhos, os trilhos das Caldas de S. Jorge e Pigeiros vestem-se de animação e revelam, pelo caminho, momentos de música, teatro e dança, sob os holofotes de uma instalação de estruturas de luz que potencia o seu apelo. Incluem, ainda, os rituais dos banhos, em parceria com as Termas de S. Jorge.

Os ‘daguida’, trio composto por Yuran, João Pedro e António Serginho que nasceu num telhado em Santa Maria de Lamas, trazem as suas “afro guitarradas, batidas esgalhadas e vozes lusitanas”. O Projeto Oxalá apresenta ‘Conta-me um Mito’, um “comunicar poético, fantástico e misterioso” dos Mitos da Antiguidade Clássica por Virgínia Millefiori e Hélder David Duarte.

O Ballet Contemporâneo do Norte parte de uma ideia de mashup, em que as músicas se sucedem umas às outras, sem paragens, com o seu ‘Lip Sync Dance Performance’. E Bruno Teixeira, professor de yoga e meditação, aposta num concerto cujas sonoridades e vibrações proporcionam um relaxamento ímpar.

As inscrições para os ‘Trilhos Culturais’, realizados em parceria com a União de Freguesias das Caldas de S. Jorge e Pigeiros, têm um custo de 4€, com direito a kit de apoio à caminhada, e podem ser feitas através do link http://abre.ai/trilhos.

‘Artes em Itinerância’ é um projeto do Município de Santa Maria da Feira, iniciado em 2018, que tem como principal objetivo a descentralização e difusão da oferta cultural no concelho de Santa Maria da Feira. Em 2019, de julho a outubro, em 17 freguesias, vilas e cidades do concelho, serão dinamizadas 22 atividades culturais, envolvendo o teatro de rua, o cinema, a música e a dança. O público é convidado a aceder à cultura em locais imprevistos ou pouco convencionais, podendo usufruir de um concerto de música, de uma sessão de cinema ao ar livre ou de uma viagem imaginária à volta do teatro.

Publicidade, Serviços & Donativos