Câmara de Águeda apresenta Índice de Sustentabilidade Municipal

1000
Cartaz.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara Municipal de Águeda vai apresentar, na próxima segunda-feira, a partir das 14 horas, no Salão Nobre, o Índice de Sustentabilidade Municipal (ISM), uma ferramenta que monitoriza os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nos Municípios.

O momento contará com a presença de Ricardo Reis, diretor do CESOP – Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica, e de Joana Abreu, do mesmo gabinete de investigação, que fará a apresentação do índice e da evolução do Município de Águeda nos vários indicadores analisados e as boas práticas implementadas no concelho.

Este índice avalia o comportamento dos municípios nos domínios de governança, com vista a desenvolvimento sustentável nas áreas ambiental, social, económica ou turística e e resulta de dados fornecidos por vários organismos públicos e privados, nacionais e internacionais, entre os quais o INE (Instituto Nacional de Estatística), a APA (Agência Portuguesa do Ambiente), o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas), o Alto Comissariado para as Migrações, o IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional), a Quercus, a Turismo de Portugal, o Pordata, Direções Gerais, entre muitas outras entidades.

Nesta ocasião de apresentação pública do ISM, serão ainda apresentadas outras boas práticas e projetos, inspiradores para a melhoria contínua dos territórios: caso do projeto da Eco-freguesia de Valongo do Vouga e do Município de Pombal.

Este é um dos pontos-altos das várias iniciativas que vão ser dinamizadas pelo Município para assinalar a Semana da Primavera, com o objetivo sensibilizar a população para a temática do ambiente e sustentabilidade ambiental. As atividades decorrerão entre os dias 18 e 26 de março, numa programação que inclui, entre outras, a celebração do Dia Mundial da Floresta e da Árvore (dia 21) e o Dia Mundial da Água (dia 22).

Para dia 18 está agendada uma iniciativa de manutenção de árvores autóctones, em Belazaima do Chão, em parceria com o Cabelo Santo (inscrições gratuitas em [email protected]).

No dia 21 de março, Dia Mundial da Floresta e da Árvore, a Câmara de Águeda irá fazer a entrega de estufas às eco-escolas que participaram no projeto Hortas-Bio, uma iniciativa municipal que visa a criação de hortas nas escolas que são usadas como ferramenta pedagógica e de sensibilização.

Antecipando a celebração do Dia Mundial da Água, ainda no dia 21, a Escola Básica Fernando Caldeira acolherá algumas atividades promovidas pela Águas do Centro Litoral. No dia seguinte, a APDA – Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, a que o Município se associa, convida a população a aderir à campanha “H2Off”, que consiste em fechar a torneira no período de uma hora, sem qualquer consumo de água, num gesto deliberado e consciente de redução de consumos e de alerta para a necessidade de preservação deste bem essencial que é a água.

Também sobre esta temática, no Jardim das Laranjeira, no centro da cidade, terá dinamizada a ação “De Gota em Gota”, nos dias 22, 23 e 24, com a realização de várias atividades para alunos do pré-escolar e 1.º Ciclo da EB de Águeda e de Assequins.

A Câmara Municipal de Águeda reforça o alerta para a necessidade de proteger o ambiente e os recursos naturais, aderindo à “Hora do Planeta”, uma iniciativa da Associação Natureza Portugal/ World Wide Fund For Nature (ANP/WWF), desligando, entre as 20h30 e as 21h30 do próximo dia 25, as luzes exteriores dos edifícios dos Paços do Concelho.

No dia 26, a partir das 8 horas, realizar-se-á o Curso de Iniciação à Observação de Aves, na Pateira de Fermentelos. As inscrições nesta ação são gratuitas, mas obrigatórias através do seguinte endereço: https://www.cm-agueda.pt/pages/1619.

Para além destas atividades, estará patente, durante toda a semana, no Águeda Sm@rt City Lab – Laboratório Vivo para a Descarbonização, uma exposição sobre o Ciclo da Água, para além de continuarem a ser promovidas as ações relativas ao programa “Rio de Todos”, no âmbito do projeto LIFE Águeda, que se prende com atividades de educação e sensibilização ambiental nas escolas do concelho, dirigidas aos alunos do 5.º ano de escolaridade.

Também junto do público escolar, em concreto no Jardim de Infância da Castanheira, o Município vai dinamizar, ao longo desta semana, várias ações de sensibilização, como a construção de terrários e ligadas às energias renováveis.

Refira-se ainda que, na página oficial da Câmara de Águeda, está disponível um espaço informativo de “birdwatching”, onde estão descritas várias fichas identificativas de aves que podem ser observadas no concelho.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.