Calçado Gladz aposta na gama média / alta

472
Calçado de senhora Gladz.
Smartfire 728×90 – 1

O grupo Fernanda Oliveira, uma das principais empresa de calçado de Aveiro Norte, está empenhada na“dinamização e projeção” da sua marca Gladz, para mulheres, nos mercados internacionais.

Cofinanciado pelo COMPETE 2020, o projeto visa o crescimento sustentado na exportação, posicionando os seus produtos no segmento de ‘luxo acessível’ e, com isso, subir na cadeia de valor.

A empresa de Cucujães, Oliveira de Azeméis, quer acompanhar o sector em Portugal, que tem vindo a apostar na afirmação internacional como criador e produtor de excelência na moda.

Com este projeto, o grupo Fernanda Oliveira espera penetrar em segmentos de mercado de elevado valor acrescentado, com a criação e desenvolvimento de novos produtos diferenciados.

O que está a ser feito pela “dinamização de uma nova gama de produtos com elevado conteúdo de moda e design, comercializada com a marca própria Gladz, que tem vindo a evoluir de um segmento alto para um segmento alto/luxo”, lê-se num artigo divulgado pela newsletter do programa COMPETE 2020.

Grande parte da atividade da empresa “centra-se na conceção e desenvolvimento de novos produtos cada vez mais inovadores, diferenciados e sofisticados, a par da implementação de ações concertadas de promoção e marketing internacional que têm potenciado o crescimento das exportações e o reforço do posicionamento nos mercados internacionais.”

Apoiado pelo COMPETE 2020, o projeto envolveu um investimento elegível FEDER de 199 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de 89 mil euros.

Artigo completo

Publicidade, Serviços & Donativos