Bloco de Esquerda avança com interpelação ao Governo sobre poluição do Rio Cértima

552
Imagem da Câmara de Oliveira do Bairro.
Smartfire 728×90 – 1

Um grupo de militantes do Bloco de Esquerda da Mealhada e de Águeda, acompanhados por elementos da associação ambientalista “Amigos do Rio Cértima / Pateira”, visitaram no dia 8 de janeiro de 2020 as instalações da ETAR da Mealhada bem como as imediações de uma pocilga no Cardal, locais onde deram conta de problemas relacionados com a poluição do Rio Cértima.

Do que puderam verificar, em relação à ETAR, que ainda está em construção, apenas uma das três linhas de tratamento de águas é que funciona, não estando, por isso, ainda a cumprir o seu principal objetivo, que é o tratamento completo dos efluentes. Como consequência, é possível verificar que há duas descargas de água poluída devido ao tratamento insuficiente da ETAR, uma delas feita diretamente na ribeira da Vacariça e outra no Rio Cértima.

A agravar ainda mais este problema de poluição do rio Cértima, encontra-se a jusante da ETAR, uma pocilga cujos efluentes escorrem por uma ribeira, afluente daquele rio, a céu aberto e sem qualquer tratamento.

Já em setembro de 2019, a associação Amigos do Rio Cértima / Pateira” fez-se representar na Assembleia Municipal da Mealhada para denunciar a poluição do rio, tendo o Bloco de Esquerda apresentado uma moção em “Defesa e Despoluição do Rio Cértima”, que foi aprovada por maioria. Na altura, o presidente Rui Marqueiro afirmou estar a construir a maior ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) da região”, num valor de três milhões de euros, que iria melhorar “imenso” os efluentes das descargas, tendo informado que a Câmara tinha uma ação no Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro contra uma pocilga da Mealhada que não cumpre os mínimos nas questões ambientais. Na última Assembleia Municipal de 29 de dezembro, o Bloco de Esquerda questionou o autarca sobre o processo pendente e que se arrasta no tribunal pelo menos desde 2018 relativo à Soacorgo, alvo também de uma ação popular sob a forma de providência cautelar, tendo sido informado que não havia qualquer evolução positiva.

Este problema tem-se arrastado há demasiado tempo e sem solução à vista. Como tal, o Bloco de Esquerda, irá interpelar o governo sobre este caso de poluição do Rio Cértima.

Bloco de Esquerda

Publicidade, Serviços & Donativos