Beira-Mar despromovido à 2ª divisão nacional de futebol em sub-19

1137
SC Beira-Mar Sub-19 (arquivo).

O Sport Clube Beira-Mar encontra-se despromovido à segunda divisão nacional de futebol em sub-19 na sequência da vitória do Lusitânia dos Açores, esta tarde, na receção ao Torreense (3-1).

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Mesmo tendo vencido na receção ao Estoril (2-0, com golos na primeira parte), os critérios de desempate em caso de igualdade pontual beneficia os adversários diretos, que garantiram a permanência na última ronda. O Lusitânia acaba em segundo, o Torreense em terceiro e o Beira-Mar em quarto, todos com 49 pontos.

O Beira-Mar cumpriu, assim, uma época entre os maiores do futebol português neste escalão, tendo disputado a fase de manutenção (zona sul) depois de terminar a fase regular em sexto lugar (quatro equipas seguiram para a fase de apuramento do campeão). Descem cinco equipa de cada zona (apenas três por cada zona garantem a permanência).

“Depois duma época repleta de adversidades, este desfecho resulta num sentimento de frustração pelo trabalho abnegado e de grande qualidade desenvolvido pelos atletas e staff técnico”, refere uma nota divulgada pela Academia do SC Beira-Mar num primeiro balanço da temporada, deixando ficar a “convicção” que o clube “regressará, em breve, à 1ª divisão”.

Da região, acompanha o Beira-Mar na despromoção à segunda divisão o Lourosa, que também cumpriu uma época no principal escalão. Em sentido contrário, Oliveirense e  Feirense, subiram à primeira divisão nacional em sub-19.

Resultados e classificação via zerozero.pt

Artigo relacionado

Futebol / 1ª Divisão Nacional: Beira-Mar arranca luta pela manutenção muito condicionado

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.