Beira-Mar: Corte de 30 mil euros no orçamento sem baixar ambição desportiva

1649
Assembleia Geral do Beira-Mar (imagem do Facebook do clube).

A direção do Beira-Mar, que está em final de mandato, irá propor à Assembleia Geral, agendada para as 20:00 desta quarta-feira, um orçamento de 659.570 euros para a época de 2020-2021, o que representa menos 30.034 euros que na anterior.

Os trabalhos apresentam-se em sessão dupla, uma vez que haverá uma outra reunião magna apenas para aprovar a proposta de revisão do estatutos.

A suspensão da atividade desportiva em março, devido à pandemia do Covid-19, levou o clube, seguindo o panorama geral, a passar uma “fase extremamente frágil, angustiante e delicada” e que ainda mantém grandes incertezas para o futuro, obrigando a “cuidados extremos” , como sublinha a introdução ao plano e orçamento.

“Num momento em que existe uma grande incógnita sobre a salubridade do tecido económico, exige a prudência que sejamos cautelosos e responsáveis na preparação de uma época que, não saberemos como poderá terminar”, alerta a direção a que preside Hugo Coelho, que irá concorrer com a sua equipa a novo mandato,

Ainda assim, o Beira-Mar trabalha no “pressuposto de um retomar progressivo à normalidade”, apontando no “princípio da sustentabilidade e estabilidade como com tem vindo a ser regra nos últimos anos”.

O investimento “desenrolar-se-á realisticamente por forma a não desequilibrar financeiramente o clube”, apostando-se em “aprofundar o rigor na gestão”, o que “não retira ambição e não diminui os níveis de competitividade desportivos”.

Pretende-se impor “uma cultura de partilha e de solidariedade entre a direção e cada uma das secções, que seja capaz de gerar mais receitas provenientes das atividades ou da angariação conjunta de apoios financeiros por via do patrocínio”.

No que concerne à gestão financeira, o clube quer manter a sua fase posterior à provação do plano de recuperação como “cumpridor, honrando com o Estado e com os fornecedores”.

O Beira-Mar conta com 4.587 sócios inscritos e um universo aproximado de 1.100 pessoas, entre atletas, dirigentes e colaboradores. O clube entrará na época 2020/2021 com 14 modalidades: Atletismo, Basquetebol, Bilhar, Boxe, Capoeira, E-Sports, Futebol, Futsal, Jiu Jitsu, Judo, Karaté, Kickboxing, Paintball e Squash.

Resolvido o diferendo com a Segurança Social, motivado pela liquidação da SAD do futebol profissional, a época de 2020/2021 já contará com os apoios do Estado, nomeadamente da Câmara Municipal de Aveiro, tendo o Beira-Mar voltado a figurar entre as coletividades subsidiadas.

Destaques

“As infraestruturas são um desígnio assumido pela atual direção, assim, existe a grande expetativa que, até final de 2020, o complexo desportivo para futebol seja concluído, inaugurado e iniciada a sua utilização. Esse será um sonho tornado realidade”.

“Dando seguimento ao aprofundado na época transata, o clube vai continuar a estreitar a ligação ao coração da cidade, à zona em que viu o clube nascer, assim, dar-se -à seguimento às atividades que têm vindo a ser alavancadas e, sempre que possível, desenvolver-se-ão novas”.

“Também no seguimento do que tem vindo a ser uma honra, homenagear a memória dos beiramarenses ilustres, sejam eles antigos dirigentes, desportistas, técnicos ou sócios será uma constante, principalmente num momento em que se aproxima o centenário”.

“A articulação com os principais atores da Região de Aveiro tem sido uma preocupação e um desafio constante. Assim, manter-se-á a parceria entre a Universidade de Aveiro e o Clube no que concerne ao Basquetebol”.

“Estando a aproximar-se o centenário do clube, está a ser criado um grupo de sócios que desenvolverá o programa comemorativo, estando já em operação algumas dessas ações. O objetivo é potenciar várias dimensões, tanto a nível histórico, como cultural, social e desportivo”.

“A equipa de futebol sénior continuará a desenvolver a sua atividade de forma prudente e responsável. A ambição, num clube como o Beira-Mar, é sempre muita. Contudo, serão sempre dados passos prudentes, mantendo os princípios que norteiam o clube: aposta na formação, jogar todos os jogos para ganhar e, acima de tudo, honrar a camisola”.

Publicidade, Serviços & Donativos