Aves marinhas fortemente afetadas por lixo da pesca, alertam biólogos da UA

427
Porto de abrigo para a pequena pesca, Gafanha da Nazaré.
Smartfire 728×90 – 1

O lixo marinho, principalmente o material descartado ou perdido com origem em atividades piscatórias, tem consequências severas para a conservação das aves marinhas.

O alerta é de um grupo de biólogos da Universidade de Aveiro (UA) que, durante dez anos, estudou as causas que levaram milhares de aves feridas ou mortas até ao centro de reabilitação de animais marinhos que atua na costa centro de Portugal.

Continuar a ler artigo do site UA.pt.

Publicidade, Serviços & Donativos