Aveiro: Programa de Residências Artísticas com prazo de inscrição alargado

1188
Criatech - Criatividade Digital e Tecnologia.

Criadores, artistas, estudantes, ou qualquer outra pessoa ligada às indústrias criativa ou tecnológica, têm agora até ao dia 7 de fevereiro para apresentarem as suas candidaturas ao Programa de Residências Artísticas promovidas pela Câmara Municipal de Aveiro (CMA).

Desenvolver projetos inéditos que liguem as artes à tecnologia é o desafio lançado pela Aveiro Tech City com a criação do programa Criatech Artistic Residences 2020.

A CMA rececionou já 22 candidaturas, oriundas de diversas cidades nacionais, incluindo Aveiro, sendo que quatro têm origem na Hungria e em Itália.

Fazendo sempre uso da criatividade, o projeto Criatech Artistic Residences 2020 ambiciona dotar os seus participantes de ferramentas práticas e teóricas sobre a produção de artefactos tecnológicos que resultem em projetos artísticos inovadores. Esta é a oportunidade para os criadores emergentes desenvolverem as suas ideias e práticas a um nível elevado e com o apoio de mentores experientes e com conhecimento na área.

Os participantes destas residências artísticas beneficiarão de um programa desenvolvido pelo Teatro Aveirense / CMA, dirigido por professores da Universidade de Aveiro e da Escola Superior de Artes e Design – duas instituições de reputação nacional na área da criatividade, multimédia e tecnologia.

O plano de atividades será ainda complementado por uma ação de tutoria artística, desenvolvida pelos canadianos Cadie Desbiens-Desmeules e Michael G. Dean.

O Criatech, que se realiza este ano de 12 a 18 de outubro, no âmbito da “Aveiro Tech City Week”, para além do seu carácter expositivo e de festival, representa também esta dimensão de fomento e formação artística, aproximando a sociedade ao meio cultural e a possibilidade de todos contribuírem para o projeto.

As Residências Artísticas do Criatech e o Fundo para a Cultura da Rede Culture Next têm enquadramento no Plano Estratégico para a Cultura 2019 – 2030, concretamente no eixo 1 – CRIAÇÃO, que pretende intervir na capacitação e qualificação dos agentes que integram a cadeia do valor do sector cultural e criativo.

Os projetos em apreço dão resposta à necessidade de reforçar os processos de internacionalização da produção e da criação artística e os programas de intercâmbio de artistas e outros agentes, fomentando o contacto e uma efetiva colaboração com agentes e redes internacionais.

+ info

Publicidade, Serviços & Donativos