Aveiro: Prisão suspensa para três dos sete acusados de crimes violentos em suposto ‘ajuste de contas’

770
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Tribunal de Aveiro condenou a prisão suspensa três dos sete indivíduos que estiveram envolvidos em 2014 num alegado ‘ajuste de contas’ ocorrido na cidade de Aveiro.

Em causa, crimes violentos cometidos numa suposta tentativa de forçar o ofendido, que tinha na altura 24 anos, a pagar uma quantia de 1500 euros.

O tempo passado sobre a data dos factos e a idade jovem, à data, de alguns acusados foram tidos em conta na determinação das penas.

A mais pesada, de 3 e 9 meses, em cúmulo jurídico, recaiu num indivíduo que foi condenado por crimes de rapto, roubo e sequestro na forma tentada.

O coletivo aplicou 3 anos e meio a um outro arguido, por rapto e extorsão.

O terceiro condenado recebeu uma pena de 3 anos por crimes de coação, sequestro, rapto, roubo e tentativa de extorsão.

Um dos arguidos viu o processo arquivado devido à idade.

Os acusados, seis homens e uma mulher, na maioria da mesma família, tinham entre os 22 e os 52 anos.

O tribunal ordenou a destruição de uma navalha que tinha sido apreendida. Já a viatura que teria sido roubada a um dos ofendidos permanecerá à ordem da justiça para esclarecer de quem é propriedade.

Artigo relacionado

Aveiro: Tribunal julga tentativa de extorsão para recuperar 1500 euros levados em suposto assalto

Publicidade, Serviços & Donativos