Aveiro prepara ‘mega permuta’ de património com o Estado

5011
Carsurf de São Jacinto, Aveiro.
Banner Ol. do Bairro – cultura – 728X90

O município de Aveiro está a procurar ‘fechar’ um acordo com a Direção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF) para permutar com o Estado equipamentos e terrenos.

O primeiro passo aconteceu com a antiga carreira de tiro de Esgueira, adquirida pela autarquia por 80 mil euros, onde irá nascer uma zona de lazer que vai ficar a cargo da Junta de Freguesia local.

Ribau Esteves, presidente da edilidade, aproveitou, esta segunda-feira, a assinatura do acordo de cedência do complexo do complexo desportivo do antigo INDESP para abordar o assunto.

“Temos uma operação em curso já há quatro anos com a DGTF para fazer uma permuta de bens que têm um terreno da Câmara com um equipamento da administração central em cima dele e bens que têm o contrário, ou seja terrenos da administração central com equipamentos municipais em cima”, adiantou o autarca.

Do Estado a transitar para a Câmara, para além do complexo do INDESP, prevê-se o parque de campismo de São Jacinto e o Carsurf, também na freguesia na outra margem da ria. O valor rondará quatro milhões de euros.

Entre os imóveis da Câmara com terrenos a entregar ao Estado figuram as EB 2,3 de Cacia, Eixo, São Bernardo, Aradas e Oliverinha (seis de milhões de euros). Os valores da avaliação foram fixados em 2014.

As negociações sobre o património imobiliário do Estado já trouxeram ao concelho o sub diretor da DGTF, Miguel Santos, que regressou esta segunda-feira a Aveiro para assistir à assinatura do acordo da cedência do complexo desportivo.

Na anterior visita, o responsável ficou a conhecer os bens e equipamentos que a Câmara incluiu no pacote a permutar. “Esperamos que a próxima vez seja para tratar da mega permuta e que tenha consequências”, disse Ribau Esteves.

É público que os antigos edifícios e terrenos do colégio Alberto Souto, em Aradas, e do Centro de Saúde Mental de São Bernardo, ambos devolutos, são também pretendidos pelo município.

Artigo relacionado

Aveiro: Complexo do antigo INDESP passa a 1 de março para a mãos da autarquia

Publicidade, Serviços & Donativos