Aveiro: PCP exige reabertura das unidades de saúde de Nariz e Requeixo

1874
Nossa Senhora de Fátima, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O PCP de Aveiro lançou hoje um apelo “à rápida reabertura das unidades de saúde de Nariz e Requeiexo”.

A concelhia comunista deixa nota da sua “preocupação e protesto” com a concentração dos serviços presenciais de três unidades de saúde (Nariz, Requeixo e Nossa Senhora de Fátima) em Nossa Senhora de Fátima.

“A situação presente é altamente penalizadora para as populações daqueles territórios do município de Aveiro, aumentando dificuldades já existentes no acesso aos cuidados de saúde (com a devida atenção e acompanhamento clínico), num meio em que as acessibilidades já são reduzidas (nomeadamente pela quase ausência de transportes públicos), e sobre uma população maioritariamente envelhecida”, refere um comunicado.

O PCP diz conhecer as dificuldades existentes, “em virtude do contexto sanitário em torno do Covid-19”, mas considera “prioritário, também no combate a esta pandemia, a descentralização dos cuidados de saúde e a valorização das Unidades de Saúde de Requeixo e Nariz”, lembrando que é uma zona onde têm surgido vários casos de infeções.

“A situação presente agrava-se ainda mais, com a indefinição em torno de uma data de regresso daquelas unidades de saúde”, alerta o PCP mostrando-se “solidário com as populações afectadas”, ao mesmo tempo que “apela ao restabelecimento tão pronto quanto possível à situação anterior, já ela bastante fragilizada em condições materiais e humanas”.

Para a concelhia comunista, “o actual quadro sanitário, local, regional e nacional, confirma a necessidade de defesa e reforço do Serviço Nacional de Saúde, em todas as suas componentes, capacidades, condições e meios materiais e humanas, pela dignificação dos seus profissionais e melhor atenção a utentes.”

Publicidade, Serviços & Donativos