Aveiro: Mulher que matou o marido condenada a 18 anos de prisão

1241
Mulher acusada de matar marido em agosto de 2021 à entrada no Tribunal de Aveiro.

A mulher que matou o marido, de 60 anos, em Aveiro, em agosto do ano passado, na residência do casal, com extrema violência, foi condenada, esta manhã, pelo Tribunal de Aveiro, a 18 anos de cadeia por homicídio qualificado.

A morte foi consumada através de pancadas de ancinho e esfaqueamentos, que provocaram um total de 85 ferimentos, 10 dos quais perfurantes, em todo o corpo.

A moldura penal pelo crime de homicídio qualificado varia entre 12 e 25 anos de prisão.

No início do julgamento, a arguida de 57 anos admitiu a autoria de agressões, embora enquadrando-as em contexto de violência doméstica de que seria vítima “todos os dias”.

Artigos relacionados

Mulher tentou “ocultar” que estava consciente quando matou marido

Aveiro: Mulher acusada de matar marido de forma brutal diz que “a confusão começou por ele”

MP pede “pena bem próxima do máximo” para mulher que matou marido em Aveiro

A arguida foi auxiliar escolar, e tem uma licenciatura em geografia. A vítima era um antigo motorista de autocarros. Estavam juntos desde julho de 2019, tendo casado em 2020.

O relacionamento do casal foi sempre pautado por conflitos, tendo o falecido chegado a ser acusado num processo por crime de violência doméstico, que não chegou, todavia, a julgamento.

Detenção pela PJ de Aveiro (3/08/21).

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.