Aveiro: Delegação de competências nas Juntas passa a fazer parte da “normalidade”

1872
Assinatura de contratos interadministrativos, Câmara de Aveiro.

O presidente da Câmara de Aveiro aproveitou a assinatura dos contratos interadministrativos com as Juntas de Freguesia, esta segunda-feira ao final da manhã,para “exortar a todas” a que “comuniquem bem” as realizações a executar ao abrigo dos apoios financeiros agora atribuídos para 2019, no âmbito de delegações de competências.

“São pequenas coisas notadas quando não são executadas e que passam despercebidas quando são feitas”, lembrou Ribau Esteves.

A Câmara irá passar para as 10 Juntas e Uniões de Freguesias cerca de 1,7 milhões de euros, tendo ainda uma verba adicional de 400 mil euros para futuras adendas. O valor em causa segue o montante de anos anteriores.

“Poderá dizer-se que este tipo de acordo é mais do mesmo, mas é especial e único. Primeiro, porque ganhámos o direito de o realizar, não foi nada fácil colocar a Câmara em ordem; e depois porque agora é a normalidade, confirmamos a estabilidade e a aposta política continua a fazer sentido”, explicou o edil após a assinatura dos contratos que permitem às freguesias aceder a verbas para obras de proximidade, sobretudo ao nível das limpezas e arranjos.

O plano de saneamento financeiro da autarquia permitiu não só liquidar dívidas antigas às freguesias como retomar em 2017 o financiamento de delegações de competências.

“As Juntas podem fazer mais e melhor para rentabilizar os recursos disponíveis”, referiu ainda Ribau Esteves, lembrando que “muitos outros projetos e ações” são executados conjuntamente.

Consultar comunicado de imprensa com mais informações sobre os apoios