Aveiro / Coronavírus ‘Covid – 19’: Autarquia atualiza plano de contingência da ‘Gripe A’

3879
Aveiro, Paços de Concelho.

A Câmara de Aveiro decidiu ativar um “plano de contingência interno” no âmbito da doença causada pelo coronavírus ‘Covid – 19’.

Segundo explicou o vereador Miguel Capão Filipe, ao intervir na reunião pública do executivo, esta quinta-feira à tarde, trata-se da atualização de um documento similar preparado pela edilidade há 11 anos, por força das medidas de prevenção da ‘Gripe A’, “adptando-o às circunstâncias atuais”.

O plano de contingência para o ‘Covid – 19’ tem três níveis de alerta, prevê serviços mínimos essenciais, procedimentos para atuar perante casos de trabalhadores suspeito de contrariem a infeção, bem como salas de isolamento em determinados tipo de edifícios municipais.

“Isto independentemente de devermos assumir, cada um de nós, um plano de contingência individual. É mais uma gripe, para a qual devemos tomar medidas de mitigação da hipótese do contágio. Fazer um exercício de cidadania, com higienização das mãos, sermos contidos nos protocolos de afectos, estarmos atentos a sintomatologia respiratória nas proximidades, os espirros e tosses a um metro, e, se entrarmos neste link epedimiológico, ficar em quarenta”, explicou o vereador, que é médico.

Miguel Capão Filipe considerou importante “evitar qualquer hipótese de pânico” e ter em conta que a capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde (SNS) pode ser limitada pelo aumento de fluxo de utentes.

“Esperamos que nas próximas semanas, com raios de sol e a diminuição de humidade, possam existir condições resolver o vírus, também de de forma ciêntifica”, acrescentou, dando como nota positiva, “ao contrário do que sucedeu em 2009”,  as “orientações” da Direção Geral de Saúde (DGS) que são trabalhadas também localmente.

Publicidade, Serviços & Donativos