Aveiro: Complexo do antigo Indesp ainda sem data para reabir

2198
Complexo do antigo Indesp.
Dreamweb 728×90 – Video I

Continuam os contratempos, embora a Câmara os considere justificados, que estão a atrasar a conclusão da requalificação do complexo desportivo do antigo Indesp, adjudicada em maio de 2021 por 2,5 milhões de euros. A obra só arrancou em junho de 2022, com um prazo de execução de 10 meses.

Artigos relacionados

Aveiro: Adjudicada a requalificação do antigo complexo do INDESP

Câmara de Aveiro confirma novo atraso e derrapagem nas obras na piscina do Instituto Português do Desporto

O tema foi levantado mais uma vez, desta pelo deputado do PS Pedro Pires da Rosa, na última Assembleia Municipal, ao constatar que “muitas obras lançadas ao mesmo tempo” no concelho ultrapassam prazos, embora admitindo que “nem sempre devido à Câmara”, sendo conhecidas dificuldades em arranjar empreiteiros, com o consequente aumento de preços também a recair na tesouraria municipal. Alguns empreiteiros também ganharam mais do que uma obra, obrigando a gerir recursos. O eleito socialista alertou que algumas dessas obras, entregues às mesmas empresas, estão “a fazer mais falta que outras”.

Apontou o caso das piscinas entregues ao Galitos, deixando alunos de aprendizagem sem alternativa. Por isso, pediu à Câmara que interceda junto do empreiteiro para que “concentre recursos” naquela obra. O arrastar da reabilitação também causa problemas ao próprio clube dos Galitos, sem poder dar ocupação aos seus funcionários e continuar a enfrentar limitações na prática desportiva. “É um problema que o presidente tem resolver, não estou a dizer que não esteja empenhado nisso”, afirmou Pedro Pires da Rosa.

Ribau Esteves confirmou que o empreiteiro do pavilhão do Alavarium e da piscina do Galitos “tem muitas obras” com a Câmara. “Tem mais obra do que capaz de fazer, mas tem vindo a fazer”, admitiu. Além disso, no caso da piscina, “a descoberta de problemas que não foram cadastradas no projeto é má de mais”. A autarquia assumiu ser necessário um esforço extra para não descurar a segurança. Sem adiantar prazos de entrega da instalações desportivas, lembrou que o município está a financiar o Galitos e Sporting Clube de Aveiro “nos custos adicionais” para assegurar a prática desportiva de natação (ver declarações abaixo).

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.