Aveiro: Câmara faz em novembro segunda tentativa para vender imóveis

4919
Cidade de Aveiro, zona da Fonte Nova.

O município de Aveiro irá levar à praça, a 8 de novembro, uma série de imóveis e terrenos propriedade municipal que não tiveram licitação em abril passado.

Estão em causa 12 lotes que somam, de acordo com os valores do preço base, cerca de 6,185 milhões de euros.

A autarquia decidiu baixar o valor base dos imóveis que voltam a ser presentes a hasta pública em cerca de 15% “em consequência do processo de revisão da sua avaliação.”

Aquando da primeira hasta pública, foram vendidos sete lotes, que totalizaram uma receita de 1,448 milhões de euros, superando em 243 mil euros (mais 20 por cento) o valor base.

Quatro parcelas de terreno do Plano de Pormenor do Centro são os prédios mais caros, variando entre 1,1 milhões e 1,4 milhões de euros. Surge também uma casa de habitação por 266 mil euros.

Artigo relacionado

Aveiro: Câmara torna lotes na Fonte Nova mais apelativos para hasta pública

Publicidade, Serviços & Donativos