Autárquicas 21: BE defende para Aveiro “transformações muito grandes”

618
Nelson Peralta, cabeça-de-lista do BE em Aveiro (ao centro).

As “traves mestras” do programa eleitoral com o qual o Bloco de Esquerda (BE) diz estar “preparado para governar” Aveiro são “a crise climática e a justiça social”, adiantou esta manhã Nelson Peralta, cabeça-de-lista para a Câmara.

Problemas que “para serem resolvidas exigem transformações muito grandes”, nomeadamente a nível da mobilidade e da habitação.

O BE, que está empenhado em ter o seu primeiro vereador local, apresenta-se com “um conjunto muito vasto de propostas” para tornar Aveiro um dos primeiros concelhos a atingir a “neutralidade climática”, meta colocada até 2030.

Nelson Peralta lembrou que existem “grandes fundos europeus” disponíveis para medidas de descarbonização que podem ser angariados pela autarquia “e não para parques subterrâneos de estacionamento”.

Na mobilidade, o BE propõe um metro de superfície elétrico que sirva o concelho e a região envolvente, assim como uma empresa intermunicipal de transportes públicos que preste o serviço atualmente concessionado, que responda às necessidades da população de Aveiro e de outros concelhos, conseguindo ter uma atividade “mais sustentável e maior oferta”, o que será a forma, também, de “retirar muitos dos carros” da cidade aveirense.

O Bloco quer mudar, igualmente, “o desenho e o planeamento urbano” que concentra atualmente atividades, como o comércio, permitindo “todas as deslocações em 15 minutos a pé ou de bicicletas” para a maior parte dos serviços.

A mobilidade suave passará por disponibilizar mais bicicletas , na terra das bicicletas, com um sistema público de partilha gratuito e uma rede de ciclovias à escala municipal, que chegue a todas as freguesias.

Discurso direto

“A política do PSD – CDS fez aumentar os preços da habitação, aumentar incomensuravelmente, afectando já quem ter salários médios. Tem de haver políticas públicas para dar respostas: usar os terrenos municipais para habitação a custos acessíveis, eficiente em termos energéticos. Ribau Esteves promoveu a especulação imobiliária, a vender terrenos em locais nobres da cidade. Toda a habitação nova deve ter uma percentagem de 25% a custos controlados. O património devoluto deve ser usado pela Câmara como oferta a custos controlados.
Aveiro é uma zona crítica devido às alterações climáticas e subidas das águas, são precisas medidas para mitigar esse impacto” – Rita Baptista, primeira candidata do BE à Assembleia Municipal.

“É lamentável a performance de um presidente de Câmara derrotado cujas ideias estão derrotadas. Já tivemos um presidente derrotado nas urnas que na véspera das eleições inaugurou meio túnel na Avenida Lourenço Peixinho, só num sentido. Temos um presidente de Câmara agora que não tem ideias para a população, que inaugurou uma estrada em que uma parte está colapsada, inaugurou o Teatro Aveirense e vemos que estão a decorrer obras, deu carros às polícias e a inauguração de um talude. Faz campanha com dinheiro de todos, usando a sua figura institucional, porque não quer vir ao debate, não responde a nenhum dos problemas que colocamos. Hoje Ribau Esteves vai meter uma primeira pedra, depois de uma cerimónia com o estado maior em que anunciou o que ia existir, na véspera de eleições, de um empreendimento privado que criticamos por ter isenções de taxas municipais e redução de impostos. Vai meter uma pedra de borla fiscal, sem resolver nenhum problema de habitação. Os apartamentos podem ser vendidos daqui a cinco anos ao preço normal e o promotor já disse que vai ficar com alguns para alugar. Não vai ajudar a baixar os preços, nem aumentar a oferta, numa zona deslocada de serviços de apoio” – Nelson Peralta.

“Há um partido que quer ‘colinho’ de Ribau Esteves, como demonstrou o debate da RTP. Nós no Bloco, e estamos muito perto, queremos eleger um vereador, para que não haja maioria absoluta em Aveiro. Estamos disponíveis para o que a população entender. Se formos o vereador que desempata é a melhor garantia que podemos dar, vamos levar assuntos essenciais à vida das pessoas para a Câmara. Com Ribau Esteves, pode ‘tirar cavalinho da chuva’, conhecemos a governação e o que propõe. Da coligação PS-PAN não vemos ainda as ideias que tem, esperamos para ver. Para já, o candidato quer ser um Ribau Esteves simpático, mas falta conhecer as ideias” – Nelson Peralta.

Consultar mais informações sobre o programa eleitoral do BE para Aveiro.

Artigos relacionados

“Falamos de betão em Aveiro, não de obra social” – Nelson Peralta (BE)

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.