Ateou fogo em Albergaria-A-Velha sem justificação “racional”

885
Polícia Judiciária.
Smartfire 728×90 – 1

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro informa que procedeu à identificação e detenção, fora de flagrante delito, de um indivíduo com 47 anos, a quem se imputa a prática de um crime de incêndio florestal no município de Albergaria-a-Velha.

“Sobre este indivíduo e na sequência das diligências prontamente desenvolvidas por esta polícia, com a estreita colaboração da GNR através do Posto Territorial de Albergaria-a-Velha e Equipa de Proteção Florestal, foram recolhidos fortes indícios que, no dia de ontem, a final da tarde, através de chama direta, ateou um fogo numa zona florestal povoada a eucalipto”, refere o comunicado.

Artigo relacionado

Fogo florestal: Mais de uma centena de bombeiros mobilizados para Albergaria-A-Velha

Dadas as condições climatéricas “de extrema adversidade”, e “apesar de prontamente detetado e combatido”, o fogo “atingiu grandes proporções, colocando em perigo vasta mancha florestal, obrigando à intervenção de robustos meios de combate, incluindo vários meios aéreos.”

O detido, que não apresentou “explicação racional para o ato”, vai ser presente às Autoridades Judiciárias na Comarca de Aveiro, para aplicação das adequadas medidas de coação.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780