Artes de rua: Bússola orienta parcerias de cooperação europeias

1121
Imagem do site 'Bússola'.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Bússola, que opera a partir de Santa Maria da Feira, viu dois projetos de cooperação em que está envolvida serem apoiados pelo programa ‘Europa Criativa’ dinamizado pela União Europeia.

A empresa especializada em programação, conceção e gestão de projetos culturais e consultoria estratégia para as artes “vai liderar” o projeto ‘Beta Circus – Boosting European Trends and Artists in Circus Arts’ e será “a ligação a Portugal”, enquanto parceiro associado, do projeto (Un) Common Spaces, à frente do qual estão os franceses Lieux Publics.

Segundo explica a Bússola, o projeto ‘Beta Circus’ “irá promover as novas tendências, apoiando a formação e mobilidade europeia para o circo contemporâneo”.

A empresa instalada no concelho organizador do conhecido festival de teatro de rua ‘Imaginarius’ assumirá a coordenação deste projeto europeu, contando com o apoio do programa 23 Milhas (Ílhavo), através do Festival LEME – Circo contemporâneo.

O leque de parceiros cruza o continente europeu, envolvendo o Teatro Necessário (Itália), o Ludifico (Sérvia) e Rigas Cirks (Letónia) “com o objetivo de disseminar boas práticas e promover um envolvimento mais amplo à escala europeia” dos diversos parceiros associados, “que irão colaborar em diferentes contextos”.

Já o (Un) Common Spaces” visa apoiar o crescimento do setor das artes de rua à escala europeia, com o objetivo de reinventar a relação entre o setor cultural e a sociedade civil.”

O projeto reunirá “um círculo de artistas e um círculo de cidadãos, num modelo colaborativo para a partilha de experiências, conhecimentos, visão artística e pluralidade de perspetivas.”

Criado a partir da experiência adquiriada pela In Situ – European Platform for Artistic Creation in Public Space, envolve 19 parceiros e 12 parceiros associados em representação de 21 países.

“Ambos os projetos terão início no último quadrimestre de 2020, dinamizando ativamente o setor das artes de rua e circo contemporâneo europeu nos próximos anos”, adianta a Bússola que assegurou o cofinanciamento pelo programa ‘Europa Criativa’.

Projetos e portefólio

» Na generalidade dos projetos, a Bússola (www.bussola.com.pt) opera num modelo de parceria com entidades públicas nacionais para o desenvolvimento de projetos inovadores e respostas proativas às necessidades dos territórios, com foco na internacionalização;

» O portefólio atual da Bússola inclui a parceria com o 23 Milhas (Município de Ílhavo) para a realização do festival LEME, um projeto que foca o posicionamento estratégico internacional do município de Ílhavo e do país no domínio da criação artística contemporânea para circo, promovendo a integração em redes e projetos de cooperação internacionais;

» Nos últimos anos, a nível nacional, a Bússola colaborou “ativamente no reconhecimento” do setor das artes de rua e circo contemporâneo, através da plataforma Outdoor Arts Portugal, “fator que contribuiu fortemente para o reconhecimento da Comissão Europeia nos projetos agora aprovados para financiamento”.

Publicidade, Serviços & Donativos

Comercio 780