Anadia: Antiga secundária acolhe provisoriamente Centro de Saúde

886
Visita da presidente da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), Rosa Reis Marques, a Anadia.
Dreamweb 728×90 – Video I

Os cuidados primários na sede do concelho Anadia passam a funcionar, a partir de 3 de junho, em instalações da antiga escola secundária local. Uma mudança provisória, enquanto decorrerem as obras de reabilitação do edifício do Centro de Saúde.

Para acolher os serviços, o município levou a efeito um conjunto de obras de adaptação e a melhoria das acessibilidades ao edifício num investimento de cerca de 450 mil euros.

A alteração serviu de pretexto a uma visita da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), Rosa Reis Marques, a convite do presidente da Câmara, Teresa Cardoso.

A edilidade aproveitou para dar a conhecer o projeto de “Reestruturação e Reabilitação do Centro de Anadia”, cuja empreitada, orçada em mais de um milhão e 200 mil euros, deverá arrancar nos próximos dias com um prazo de execução é de 10 meses.

Uma obra que permite a instalação de uma Unidade de Saúde Familiar (USF), bem como de um gabinete dedicado à saúde oral, dotado dos equipamentos necessários ao seu bom funcionamento.

Intervenções no Centro de Saúde

» Para além da reorganização e adaptação de alguns espaços, será também feita a remodelação da instalação da rede e a substituição de todos os equipamentos de climatização e ventilação. No que respeita às águas quentes, será concebido um sistema solar de aquecimento, explorando a energia do sol, com apoio de uma caldeira mural e um depósito de 500 lts, permitindo triplicar os banhos necessários aos profissionais de saúde. Vai ser instalado um parque fotovoltaico, com 42 painéis solares, estando também prevista a criação de um posto de carregamento rápido de veículos elétricos, com uma alimentação de energia elétrica proveniente do parque fotovoltaico, diminuindo assim o impacto ambiental;

» A parte exterior também será alvo de uma intervenção, nomeadamente a reabilitação de pavimentos degradados, relativos a zonas de circulação automóvel e de circulação pedonal, a construção de novos passeios, reabilitação dos muros de vedação e suporte de terras e instalação de nova sinalização horizontal e vertical para as vias de circulação automóvel.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.