Ampliação do eco parque empresarial de Estarreja ’em força’ durante 2020

2071
Eco Parque Empresarial, Estarreja.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Estarreja espera recuperar nas próximas semanas o atraso de um conjunto de obras devido a questões relacionadas com “contencioso administrativo”.

São apontados os casos dos concursos públicos da empreitada de beneficiação da estrada de S. Filipe (350 mil euros), da Rua António Maria da Silva Pinho (150 mil euros), da requalificação da antiga fábrica de descasque de arroz, futura ‘Fábrica da História’ (1,1140 milhões de euros) e da ampliação do eco parque empresarial (3,3 milhões de euros).

“Todas elas terão ainda o seu início físico ainda em 2019”, garante, contudo, a autarquia nas Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2020 que atinge um valor de 18,5 milhões de euros.

No caso da ampliação do Eco Parque “já está em execução, mas o seu grosso” ocorrerá “naturalmente” no próximo ano.

Nas freguesias, o concurso público para a execução da empreitada de requalificação do largo Francisco Bingre, em Canelas, ficou deserto, com novo procedimento lançado com preço revisto em alta (338.350 euros).

A empreitada da ‘Fábrica da História’ insere-se na “intervenção mais vasta de reabilitação urbana em Estarreja”.

A Câmara destaca ainda um conjunto de “investimentos estruturantes” em várias áreas da atividade municipal. Um dos quais é a requalificação profunda da escola EB 2,3 Egas Moniz em Avanca (3,75 milhões de euros), à espera de comparticipação estatal para juntar à verba de 1,6 milhões de euros da edilidade.

A requalificação da Ribeira da Almeida, em Pardfilhó, com passadiço flutuante para 36 embarcações, e enrocamento de proteção, tem previsto um investimento superior a 1 milhão de euros.

No âmbito do projeto Bioria, está previsto dotar a zona de visitação nos campos de Salreu e Canelas de um novo centro de interpretação ambiental (300 mil euros), entre outros melhoramentos.

O executivo liderado por Dimantino Sabina (PSD-CDS) assume o compromisso, ainda, de manter as transferências para as Juntas de Freguesia, voltando a atingir o patamar do milhão de euros.

Artigos relacionados

Estarreja: IMI com majoração de 25% em edifícios com eficiência energética

Estarreja: Autarquia contrata empréstimo de 1,8 milhões de euros para obras municipais

Publicidade, Serviços & Donativos