Águeda: Mais 66 mil euros para apoio ao arrendamento

353
Câmara de Águeda, Paços de Concelho.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Águeda atribuiu mais de 66 mil euros de apoio ao arrendamento, contemplando 37 agregados familiares em situação de dificuldade ou constrangimento financeiro.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

A atribuição do subsídio formalizada através de protocolos resulta do cálculo da taxa de esforço mensal do agregado, em função do seu rendimento mensal (soma de todos os rendimentos, descontando o valor das despesas fixas e variáveis).

Aos apoios ao arrendamento agora atribuídos vão ser somados outros decorrentes da segunda fase de candidaturas que decorreu até 31 de maio.

“Este programa é uma das nossas vias mais importantes para apoiarmos, por um lado os cidadãos que se deparam num momento de alguma vulnerabilidade financeira e, por outro, os proprietários com um conjunto de garantias ao arrendamento, assegurando uma parte significativa das renas”, referiu Jorge Almeida, presidente da Câmara citado em nota de imprensa municipal.

O apoio ao arrendamento é visto como uma “boa prática em termos de políticas de habitação que estimula a recuperação do património edificado, que de alguma forma poderia estar devoluto, e que é importante fazer com que aconteça”.

A baixa fiscalidade para as famílias assumida pela Câmara tem beneficiando também as famílias, nomeadamente com a devolução aos contribuintes dos 5% que o município teria direito no IRS, a aplicação da taxa mínima de IMI permitida por lei (0,3%) e a isenção de taxas municipais.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.