Águeda: Ceifeira aquática retoma limpeza na pateira

1634
Ceifeira aquática, Águeda.
Dreamweb 728×90 – Video I

A ceifeira aquática da Câmara Municipal de Águeda está de novo operacional na sequência de um acidente quando andava em atividade.

O anúncio foi feito pelo presidente da autarquia, Jorge Almeida.

O acidente com o equipamento usado habitualmente para remoção de jacintos de água causou ferimentos de gravidade ao seu operador, que foi submetido a uma cirurgia e ainda se encontra de baixa.

“Após a sua reparação, que obrigou à substituição de vários componentes, a ceifeira foi submetida a testes de funcionamento no Rio Águeda e ainda hoje mesmo foi feita a montagem do último módulo que avariou”, adiantou o autarca num ponto de situação partilhado pelas redes sociais.

A ceifeira adquirida em 2006, batizada como ‘pato bravo’, já funcionou e vai ser transportada esta quinta-feira para a pateira, “dando de imediato início à recolha de jacintos de água, que por esta altura já abundam”,

O edil lembra que numa zona da jurisdição e competência dos serviços do Ministério do Ambiente, num território que envolve três municípios, “a Câmara de Águeda vai continuar a ser a única entidade que se envolve e se empenha em resolver ou minorar este grave problema de infestação”.

O acidente impediu limpar, como estava previsto, a pateira, a lagoa do Marnel e o espelho do Rio Águeda.

“Desejamos a completa e rápida recuperação do nosso colega funcionário do município que mesmo em condições adversas e difíceis recolhia na altura jacintos na pateira que é de todos”, conclui o presidente.