“Agora é seguir com pés assentes na terra e projetar o futuro” – Miguel Valença, treinador do BM

3301
Miguel Valença, treinador do Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

“Estou muito orgulhoso do grupo, de homens com H grande, só assim andámos a sonhar. Sabíamos que seria muito difícil, sabemos como está o futebol hoje em dia, os três jogos que eram, a verdade desportiva podia não estar tão presente, mas não queremos entrar por aí”. Miguel Valença mostrou-se resignado com o desfecho da participação do Beira-Mar no Campeonato de Portugal, em que a entrada no grupo dos que irão disputar a subida esteve por decidir até aos últimos minutos da primeira fase.

Importante para o técnico que assumiu a equipa aveirense em fins de dezembro “é perceber o que fizemos”. Assim, deixou um balanço necessariamente positivo: “Voltámos a por o Beira-Mar no mapa. Uma segunda volta espetacular de todos. Os jogadores acreditaram na capacidade que que tinham e podiam chegar um pouco mais à frente. De qualquer forma, o objetivo era cimentar a equipa no Campeonato de Portugal, uma equipa que desceu há dois anos e subiu da distrital. Agora é seguir com pés assentes na terra e projetar o futuro da melhor maneira para voltar aos grandes palcos que é que a direção quer e que o Beira-Mar tem de fazer”, afirmou nas declarações difundidas pela rádio Terra Nova.

Miguel Valença reafirmou que poderá continuar ao leme da equipa. “Há conversações, vamos ver. Pode acontecer. Falta limar arestas, mas penso que podemos chegar a bom porto. Quando vim, o objetivo era manter o Beira-Mar de forma tranquila, conseguimos mais do que isso, com bom futebol. Agora é preparar o Beira-Mar para pensar mais à frente se a oportunidade se colocar”, referiu.

Declarações depois do empate no Machico (1-1), quebrando um ciclo de cinco vitórias seguidas. “O resultado acaba por ser o menos importante. A partir dos 60, 70 minutos a equipa foi animicamente muito abaixo, porque ia sabendo dos resultados. Permitimos o golo no final, depois de 8 , 9 oportunidades. Foi mais o fator externo do que o produzimos em campo, queríamos acabar da melhor maneira, mas não conseguimentos. Ainda assim, o grupo de trabalho está de parabéns, dedicação não faltou, hoje aconteceu a mesma coisa”, concluiu.

Artigo relacionado

Futebol / CdP: ‘Sonho’ do Beira-Mar passa para 2023-24

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.