Aveiro: Adjudicação da nova praça jardim do Rossio faz ‘compasso de espera’

2341
Proposta para a requalificação do Rossio, Aveiro.
COTEC728

A adjudicação do projeto de requalificação do jardim do Rossio, em Aveiro, que inclui arranjo das ruas adjacentes e a construção de uma cave para estacionamento, não irá à reunião do executivo camarário de hoje, como chegou a estar agendado.

O ponto em causa foi retirado nas últimas horas da ordem de trabalhos da sessão pública que se realiza esta quinta-feira a partir das 15:30.

Como o processo relativo à empreitada / concessão por 40 anos não estava em condições de ser votado pela vereação (a respetiva minuta do contrato não foi redigida no prazo necessário, que obriga a 48 horas de antecedência), será necessário aguardar por outra reunião.

A obra, uma das mais polémicas no atual mandato, motivou um primeiro concurso público internacional que ficou ‘pelo caminho’ uma vez que nenhum dos cinco concorrentes cumpriu as exigências previstas.

Decorre agora uma segunda tentativa, estando em ‘cima da mesa’ três propostas de outros tantos agrupamentos de empresas, que já tinham tomado parte no concurso inicial.

Além do preço base de 11,7 milhões de euros, os candidatos à obra terão ainda de assumir o pagamento de uma renda, no mínimo, de 2,5 milhões de euros, durante a fase de obra e, depois, 24 mil euros por ano, com cinco de carência.

Artigos relacionados

Aveiro: Rossio entre os projetos a começar no próximo ano, ZI de Taboeira cresce 150 hectares

Aveiro: Segundo concurso para requalificação do Rossio com três candidatos

Publicidade, Serviços & Donativos