Adeptos do Beira-Mar a postos para festejar o título

1752
Estádio Municipal de Aveiro (Foto do Facebook do SC Beira-Mar).
Smartfire 728×90 – 1

Se o Beira-Mar vencer, este domingo, na receção ao Paivense, a contar para a 10ª jornada do apuramento de campeão da da divisão de elite do futebol aveirense, pode festejar, a quatro jogos do final da prova, a conquista do título, que vale, também, a promoção ao Campeonato de Portugal, uma época depois da descida.

A festa tem vindo a ser preparada para acontecer no estádio, tendo merecido um cuidado maior do que é habitual de mobilização.

Os aveirenses têm 54 pontos, mais 10 que a formação de Castelo de Paiva, que venceu o duelo da primeira volta por 3-1 (uma das três únicas derrotas dos aurinegros esta época, até ao momento).

O Beira-Mar vem de uma vitória caseira muito sofrida com o Oliveira do Bairro (3-2). O guarda-redes Diogo Almeida é ausência certa, uma vez que recebeu dois jogos de castigo por ter sido expulso na ronda anterior.

Já o Paivense, após um empate com o Lamas e uma derrota em Águeda, voltou âs vitórias na receção ao Cesarense (4-1) com um ‘bis’ do ponta de lança veterano brasileiro Everton, que é melhor marcador do Campeonato Sabseg com 29 golos em outras tantas partidas.

Mais informações em https://www.afatv.pt/jornada/1

“As expetativas são as expetativas iniciais” – Afonso Miranda

O presidente do Beira-Mar faz por manter a normalidade. “As expetativas são as expetativas iniciais: a ambição de vencer e subir para presentear os adeptos no ano do centenário”, afirmou.

Afonso Miranda, que assumiu a liderança após a despromoção dos ‘nacionais’, não esconde a “vontade e ambição de ganhar” já este domingo, “mas se não fizemos”, lembra, “não hipoteca o objetivo”.

“Mais do que o resultado, a nossa expetativa é ter uma grande casa, com grande mobilização dos beiramarenses. Se coincidir com a subida e regresso ao Campeonato de Portugal, perfeito”, afirmou o timoneiro aurinegro, esperando, sobretudo, que seja “um dia de festa e simbiose, para mostrar que o Beira-Mar está vivo e mobilizado”, o que pressupõe que o estádio fique “bem composto e com ambiente de grande paixão clubística”.

Discurso direto

“Deixo aos sócios uma mensagem de serenidade e entusiasmo, que venham e tragam famílias e amigos. O trabalho está a ser bem feito, a equipa tem trabalhado bem, a direção também, de forma sustentável, organizada e com passos seguros. A vida do clube não se joga neste jogo ou apenas com vitórias, mas das sua gentes” – Afonso Miranda, presidente do Beira-Mar.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.