‘Acelera’ da Praça do Peixe começou a ser julgado por ofensas à integridade física

1572
'Praça do Peixe', Aveiro (arquivo).
Dreamweb 728×90 – Video I

O indivíduo que conduziu alcoolizado um automóvel por uma rua pedonal envolvente à ‘Praça do Peixe’, em Aveiro, até embater no muro do canal central, começou a ser julgado por cinco crimes de ofensas à integridade física.

O arguido, que está detido à ordem de outro processo, foi já condenado, pela ocorrência, por crime de condução em estado de embriaguez, tendo visto a pena substituída por trabalho comunitário.

A defesa requereu que a acusação do processo agora em tribunal fosse arquivada, por entender que são factos já julgados no anterior, mas o coletivo de juízes indeferiu a pretensão.

Estão em causa cinco crimes de ofensas à integridade física na forma tentada, correspondentes a outros tantos populares que estiveram em risco de ser atropelados.

O arguido prestou depoimento no início do julgamento, assumindo que estava alcoolizado quando decidiu conduzir através de ruas pedonais. O tribunal começou depois a ouvir testemunhas.

O caso remonta à madrugada de um domingo, em novembro de 2015. Depois de expulso de um bar pelas 4:00 onde estaria a causar desacatos, o homem, hoje com 32 anos, foi buscar a viatura e percorreu a grande velocidade a rua pedonal Trindade Coelho correndo o risco de atropelar noctívagos que permaneciam naquela zona, onde existe a maior concentração de estabelecimentos de diversão noturna da cidade.

A marcha só seria travada quando saiu para a rua João Mendonça, marginal ao canal central, e despistou-se embatendo no muro, sem envolver terceiros.

O condutor seria retido no local por populares, alguns deles em fúria, valendo a intervenção rápida de um agente da PSP de folga até à chegada da brigada policial.

No julgamento por crime de condução sob efeito de álcool, o arguido, que residia na altura em Aveiro, confessou os factos e seria condenado a 90 dias de multa perfazendo 450 euros, pena substituída por 90 horas trabalho comunitário prestado nos Bombeiros Velhos.