Abril é sempre atual

174
Voz dos Reformados.
Dreamweb 728×90 – Video I

Afirmar Abril é lutar pela democracia participativa, pela defesa de todos os direitos dos reformados e da população em geral. É respeitar o direito à habitação condigna e combater todas as tentativas e meios que
conduzam ao despejo das suas habitações.

Por Casimiro Menezes *

Sob este desígnio festejamos a liberdade alcançada, que nos mandata a busca por melhores soluções sócio-políticas para vivermos melhor a cada dia. Nesta caminhada semeada com cravos de Abril, assistimos a um rumo de retrocesso, piorado com a política de direita do atual governo.

Por isso, a urgência e necessidade de reavivar os valores de Abril na construção de um País melhor, intervindo em todas as lutas por melhores salários e pensões para fazer face ao contínuo agravamento da situação económica e social, marcada pelas desigualdades e injustiças sociais. Fundamental é, também, exigir o controlo urgente dos preços e a defesa da criação do cabaz de bens essenciais, bem como pelo aumento extraordinário de todas as pensões desde Janeiro deste ano no valor de, pelo menos, 60 euros.

Afirmar Abril é reafirmar a defesa e o reforço do investimento no Serviço Nacional de Saúde (SNS) como única e principal via de assegurar a todos o acesso aos cuidados de saúde, com a defesa e fixação dos profissionais de saúde ao SNS mediante a melhoria das suas condições sócio-profissionais. É reclamar a criação urgente de uma rede pública de lares e de apoio domiciliário a todos os idosos dependentes, assegurando o acesso a estes equipamentos sociais e garantindo a qualidade dos cuidados prestados.

Afirmar Abril é lutar pela democracia participativa, pela defesa de todos os direitos dos reformados e da população em geral. É respeitar o direito à habitação condigna e combater todas as tentativas e meios que conduzam ao despejo das suas habitações. Abril é sempre atual e precisa ser cumprido pela ação da nossa força, aliada a outras camadas da população portuguesa, que se reveem nestes valores como essenciais à vida e ao bem-estar.

Vamos participar no 26.º Piquenicão Nacional do MURPI, a 7 de Maio, em Benavente; em cada evento comemorativo do 50.º aniversário da Revolução dos Cravos; em numerosas ações onde estão envolvidos setores profissionais e outros que lutam contra todas as formas de injustiça social.

Façamos de Abril a nossa festa e a luta. Sempre por Abril.

* Editorial do Jornal A Voz dos Reformados.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.